Emigrantes na Bedeteca de Lisboa!

Finalmente apareceu na Bedeteca de Lisboa o álbum Emigrantes de Shaun Tan que saiu em Portugal pela editora Kalandraka – mais reconhecida pelo seu trabalho na área dos livros ilustrados para a infância.

«Emigrantes em busca de um futuro melhor, refugiados políticos, deslocados de guerra… esta novela gráfica sem palavras de Shaun Tan é uma magistral homenagem a todos aqueles que empreenderam uma viagem definitiva, física e existencial, nas suas vidas. O protagonista de “Emigrantes” deixa o seu lar e a sua família, uma cidade mergulhada na crise, e é acolhido por um país onde enfrenta uma língua desconhecida, costumes diferentes e incertezas. A obra plasma também a nostalgia pelos entes queridos, as experiências de outros emigrantes, o duro processo de adaptação à nova realidade, a passagem do tempo e a hospitalidade da povoação.
O autor privilegia o desenho sobre a palavra, deixando as imagens falarem por si mesmas. Ilustrações sem cor, em tom de sépia, evocam fotografias antigas, com um surpreendente realismo que se mescla com a fantasia e a metáfora visual. Planos panorâmicos assomam entre a sucessão de vinhetas, em sequências narrativas que jogam com o presente e o passado.
O livro inspira-se em episódios relatados por imigrantes oriundos de diferentes países e períodos históricos, contando-se, entre eles, o testemunho do pai do próprio Shaun Tan que em 1960 emigrou para a Austrália Ocidental vindo da Malásia. Durante os quatro anos que durou o processo de criação de “Emigrantes”, o autor documentou-se em obras como “The Immigrants”, de Lowenstein e Loh, ou “Tales from a Suitcase”, de Davies e Dal Bosco. De realçar ainda é a influência artística do pintor australiano Tom Roberts e o arquivo gráfico da coleção do Museu da Imigração de Ellis Island, em Nova Iorque.»

Obra premiada em 2007 como o Melhor Álbum de BD no Festival de BD de Angoulême, é uma banda desenhada sem palavras que nos dá esperança que a banda desenhada em Portugal não continue dominada pelas fracas escolhas da Asa e afins… Aliás, têm de ser alguém emigrante (a Kalandraka é uma empresa de origem galega) para editar obras premiadas no nosso país!

Obra seleccionada para a Bedeteca Ideal.

1 Comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd estrangeira, mercado, miúdos

One response to “Emigrantes na Bedeteca de Lisboa!

  1. Margarida Noronha

    Caros amigos,
    Aproveitando para vos agradecer a vossa partilha relativamente à divulgação de os “Emigrantes”, gostaríamos de fazer uma pequena retificação: a Kalandraka Editora Portugal Unipessoal, Lda., também é uma empresa e uma editora portuguesa desde 2002, sedeada em Portugal, sócia da Apel, com todas as responsabilidades jurídico-sociais que tal implica. A Kalandraka Portugal tem obviamente, e com muito orgulho, as suas raízes na Galiza, seguindo a linha editorial da, chamemos-lhe assim, ‘casa-mãe’; mas também publica alguns dos seus próprios títulos com independência da Kalandraka Espanha, Itália, Brasil ou México, de que os “Emigrantes” ou a Antologia Poética de “Cesário Verde”, duas das nossas novidades de dezembro, são exemplo. Títulos como os “Emigrantes” ou a “Árvore Vermelha” de Shaun Tan são, aliás, em Espanha da editora Barbara Fiore e não da Kalandraka Espanha, e foram legitimamente comprados por nós, ou seja, pela Kalandraka Portugal.
    Com os nossos melhores cumprimentos,
    Margarida Noronha
    p’ Kalandraka Portugal

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s