Pontas muito soltas…

Entre o lixo e o “não tem ponta por onde se pegue” nacional que a Asa insiste em editar, Pontas Soltas – cidades é o “menos mal” do lote que acedemos, nas últimas semanas, dos títulos que a editora lançou em 2011.

Eis um álbum que reúne cinco BDs, com o tema das cidades a uní-las, resultantes de várias experiências auto-biográficas “light” e profisssionais de Ricardo Cabral – algumas vindas de antologias como a Lisbon Studio ou Portimão : como se faz uma cidade. Este sim é um livro de BD, ao contrário como estão catalogados na Bedeteca de Lisboa (e rede BLX) os  diários gráficos do autor sobre Israel e o Kosovo. Sem quase nada para contar – como aconteceu nesses diários gráficos, pobres em conteúdo mas ricos em cores – Cabral consegue emergir-nos visualmente em realidades das cidades por onde passou como se fosse um passeio no Google Earth. É sem dúvida uma experência sensorial interessante. Vale a pena requisitar este livro para ler e ver!

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd portuguesa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s