Monthly Archives: Março 2015

Hostel B

landscape

Depois de um “comix bar” temos agora um “comix hostel”? João Sequeira, autor de BD, abriu em Elvas o Hostel B em que o “B” é de plano B. Uma moradia ilustrada. Uma alternativa à hospedagem convencional. Um Hostel à medida da pessoa que o explora (arquitecto e autor de BD). Um espaço onde sempre podem acontecer coisas… da BD e não só. Espaço de partilhas e troca de ideias… ou somente para se estar. Onde Elvas empresta o cenário.

O espaço é como um livro em branco que precisa de ser ilustrado. A história aparece agora, construindo a identidade de um espaço. É um livro que alberga. É uma BD que nos aconchega enquanto dormimos. Não se impõem regras nem temáticas, tudo é suscitável de ser ilustrado, desde a sinalética a tudo o que se queira. 

Localizada junto ao fortim de S. Pedro, na periferia do centro histórico e perto do Forte de St. Luzia, a moradia dispõe de quatro quartos com quatro camas cada, duas casas de banho, sala de estar ampla, sala de jantar e cozinha. Podendo os utentes tirar partido do quintal com piscina ou apreciar as vistas panorâmicas que as várias varandas oferecem.

Os quartos foram ilustrados por André Lemos (ver no blogue dele o “work-in-progress”), Filipe Andrade, Jorge Coelho, Osvaldo Medina, Quico Nogueira e Sónia Oliveira.

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under mercado

Zine do Caixão!

10624940_946428918723904_6319226679505089772_n

A loja 1359 organiza na próxima Feira Morta um caixão onde as pessoas poderão trocar zines! Regra simples, é levar o que já não quer e trocar por um que esteja dentro do caixão – um caixão real, não é brincadeira! Achamos que a Morta está a começar mesmo a ficar mórbida! Creepy!

3 comentários

Filed under acontecimentos, mercado, zines

Torre Alta

tumblr_nl0wyzLPE11rqawgao1_1280

Chegou à Bedeteca de Lisboa o fanzine Hightower desenhado por Gonçalo Duarte, autor que participou em antologias da Chili Com Carne como Destruição e Futuro Primitivo e ainda no divertido zine CVTHVUS. A história foi escrita pelo Bruno Martins que tal como Gonçalo fazem parte da banda Equations. A BD serve como complemento gráfico ao enredo do álbum Hightower  – que curiosamente a capa do disco é da autoria de João Maio Pinto. O fanzine pode ser adquirido nos concertos da banda pela modesta quantia de 3€, e é limitado a apenas a 100 exemplares. Boa iniciativa!

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, outros media, zines

Quinta Doba

5778d7107df94f1e979c8ef9db60b186

É Quinta-Feira, dia das novidades na Bedeteca de Lisboa! Hoje chegou mais um catálogo (?) do festival sérvio de “BD não-alinhada” Novo Doba. O livro é referente à edição de 2014 e inclui as participações de autores portugueses, a saber, André Lemos, Bruno Borges e Miguel Carneiro mas também Anna Ehrlemark, Igor Hofbauer, Aleksandar Zograf, Wostok, Dice Industries, Mattias Elftorp, Mr. Stocca, Aleksandar Opacic, Dunja Jankovic, Marko Turunen, etc… A edição de 2012 também está disponível na Bedeteca.

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd estrangeira, bd portuguesa

Sempre é melhor que “BD e Vinho”…

fragILUcookbook1

Se acha este “post” muito críptico, não se preocupe é apenas uma “private joke”, vá é visitar a nossa secção de Concursos para ver o que há de novo pelo mundo, ou melhor na Polónia. Um é sobre “BD culinária” e o outro é o “pitching”, ambos organizados pela Ligatura, que um dos seus organizadores esteve na Feira Morta no ano passado.

Deixe um comentário

Filed under concursos

Beterraba : A Vida numa Colher

Volume 005

Hoje saiu o quinto volume da Colecção Novela Gráfica, Beterraba : A Vida numa Colher de Miguel Rocha, o único título português desta colecção que acompanha o jornal Público todas as Quinta-Feiras.

Olegário, um patriarca alentejano, luta contra a avareza do solo, que nada lhe permite cultivar, e a crueldade do destino, que lhe nega o filho varão que tanto deseja, tentando moldar a terra que o rodeia à sua ambição. Uma história simultaneamente épica e intimista, a meio caminho entre o neo-realismo e o realismo mágico sul-americano, marcada pelas cores quentes do Alentejo (…). 

Nascido em 1968, (…) Foi só por volta dos 30 anos que Miguel Rocha se sentiu impelido a fazer BD, e só no fim dos anos 90 publicou livros que o revelaram como um dos mais inovadores autores de banda desenhada portuguesa (como por exemplo, As Pombinhas do Sr. Leitão, ed. Baleia Azul). Ao longo dos anos, a solo e em colaboração, desenhou alguns dos livros de BD mais marcantes da actualidade, entre os quais devemos citar Salazar: Agora e na Hora da sua Morte (com argumento de João Paulo Cotrim), Hans: o Cavalo Inteligente e este Beterraba, o seu primeiro longo “romance” gráfico. Desenvolvido  ao abrigo de uma Bolsa de Criação Literária do Ministério da Cultura, foi publicado originalmente em 2003, (…) tendo arrebatado os prémios para Melhor Livro e Melhor Desenho no Festival de BD da Amadora de 2004 e sido publicado em Espanha e França.

Obra seleccionada para a Bedeteca Ideal.

Deixe um comentário

Filed under bd portuguesa

Feira Morta na SMUP

tumblr_inline_nl1tu5ak1s1t3w3r8

O maior evento português de edição independente volta itinerante indo desta vez à SMUP, na Parede, sítio que parece uma verdadeira coqueluche de cultura alternativa nos tempos horríveis que vivemos, não estivesse lá elementos da Planeta Tangerina!

Mais informações no sítio oficial da Feira Morta.

Deixe um comentário

Filed under acontecimentos, zines