Quinta Zine II

TDTMLH1

Uma Quinta-Feira de novidades na Bedeteca de Lisboa só com zines! Que bom! Começamos com os “clássicos”:  A vara do açucar da meia noite e nos bordos dos peixes do grego Ilan Manouach, editado pela desaparecida Opuntia Books que nos habitou a graphzines com a melhor apresentação do mundo; e Deathgrind é um dos primeiros zines de Zé Burnay (outro desaparecido) cheio de BDs de Satanismos light, drogas de todo o tipo, Blues cheios de crime e toda a mítica “Americana”.

Do Clube do Inferno apareceram The day the masses left history (imagem) e Need more love ambos de Astromanta, sendo o último título uma continuação de Lovebirds; e Mori e Yonkoma Collection, dois títulos de Hetamoé cheios de poesia em BD. E por fim, da Arara apareceu o segundo volume de The Abolition of Work de Bruno Borges que é leitura perfeita para o dia de amanhã!

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd portuguesa, zines

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s