100000 lemingues não podem estar errados

lemming

O mercado de BD está sempre em contra-ciclo com o mercado livreiro ou as crises do país. Tal como em 2004, a edição portuguesa está em alvoroço – mas desta vez com pés no chão comparando há 10 anos, pelo menos esperamos nós e pelo que se observa pelo correcto trabalho profissional das pequenas e médias editoras. Seja como for, isto serve também para dizer que até o José Carlos Fernandes regressou aos livros, em 2015, mesmo que seja um bocado “falsificado” porque A Agência de Viagens Lemming (lançado pela Devir) foi editado em tiras semanais no suplemento de férias do Diário de Notícias em 2005, as histórias foram agrupadas em duas secções: Dez mil horas de jet lag e O síndrome da classe turística. E a obra já tinha sido publicada em formato de livro em Espanha, um  facto curioso, isto em 2011 pela importante Astiberri.

Sinopse: Quem aprecia A Pior Banda do Mundo vai encontrar aqui múltiplos pontos de contacto, mas A Agência de Viagens Lemming tem uma característica única na obra de JCF: mantendo uma linha condutora, alterna ritmos narrativos, mistura o apontamento curto com a história mais prolongada, e em dois ou três casos, afasta-se do remoque malicioso, que é a sua imagem de marca.

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd portuguesa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s