Monthly Archives: Fevereiro 2017

Curtas de Mazzucchelli

tcj

Um “post” que é um bom guia para quem quer ler as BDs curtas de David Mazzucchelli . O The Comics Journal da imagem existe na Bedeteca de Lisboa.

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under referência

Para acabar de vez com o Racismo…

what-is-race-57-ced071

No The Nib como sempre grandes artigos em BD… Autoria de Whit Taylor.

Deixe um comentário

Filed under e-comix

Outro Espelho

rodolfomarianobanco

HOJE, no Banco (Lisboa), pelas 16h inaugura uma exposição de banda desenhada de Rodolfo Mariano intitulada Outro Espelho Ultra Mundo. Apresenta-se assim uma selecção pessoal de trabalhos publicados e alguns inéditos. À inauguração presidem Lightning Rod, tocador de violas clássicas (e de guitarras eléctricas), e Mr. Gonzofotógrafo e passador de discos

Esta exposição estará patente até dia 18 de Março.

Deixe um comentário

Filed under acontecimentos, bd portuguesa, outros media, zines

Sem abrigo + com fome por favor ajude

5_AF_NOVELAS_GRAFICAS_2016_400px__06767_zoomChegou à Bedeteca de Lisboa mais um volume da nova Colecção Novela Gráfica que saiu o ano passado com o jornal Público. Trata-se de A História de um Rato Mau que é uma obra complicada de validarmos porque se por um lado o tema que retrata é o abuso sexual – tema esse que faz todo o sentido divulgar no seio dos “rapazes dos comics” que costumam meter as mulheres nos frigoríficos – e apesar de toda a perícia técnica do inglês Bryan Talbot, não deixamos de a achar “light” e fria, caindo numa fórmula pedagógica.

Diz a sinopse: Helen Potter, uma jovem vítima de abuso sexual, empreende uma viagem de descoberta pela Inglaterra rural, seguindo os passos da célebre autora de livros infantis, Beatrix Potter, na esperança de reencontrar a paz e a felicidade… Neste diálogo entre duas épocas e duas Potter, Helen irá descobrir a verdadeira força interior que lhe permitirá confrontar os seus demónios pessoais, numa história de heroísmo e coragem.

Sobre o mesmo tema encontramos na Bedeteca de Lisboa obras mais interessantes como Cucko de Madison Clell ou as BDs de Debbie Drechsler em The best of drawn and quaterly.

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd estrangeira

5 filmes de Cotrim.

amigos da bedeteca

Por ocasião da exposição Banda Escrita: João Paulo Cotrim, dedicada ao trabalho de escritor de banda desenhada deste autor, e patente na galeria da Bedeteca da Amadora até dia 4 de Março de 2017, a Bedeteca apresenta uma sessão de cinema de animação no próximo dia 25 pelas 16 horas.
Serão projectadas cinco curtas-metragens escritas por João Paulo Cotrim e realizadas por vários autores.
Daniel Lima, real., Um degrau pode ser um mundo (2009)
João Fazenda, real., Algo importante (2009)
Tiago Albuquerque, real., Diário de uma Inspectora do Livro de Recordes (2009)
Pedro Brito, real., Fado do homem crescido (2011)
João Fazenda, real., Sem Querer (2011)
Todos os filmes com legendas em inglês.
Duração total aproximada: 46 minutos.
Agradecimentos a Humberto Santana @ Animanostra.
Esta acção encontra-se integrada na Programação Os 5 Sentidos da Banda Desenhada.

View original post

Deixe um comentário

Filed under cinema de animação

ANIMAL COLLECTIVE: A VANGUARDA DA BANDA DESENHADA EUROPEIA

Cadeirão Voltaire

animalcollectiv2

Até ao final deste mês, a galeria CentroCentro, instalada no Palácio Cibelles, em Madrid, acolhe uma exposição dedicada à banda desenhada europeia contemporânea. Animal Collective dá conta do trabalho de vinte e dois colectivos cuja produção se espalha por fanzines, livros, cartazes e pequenas publicações de difícil classificação, e também por encontros e festivais nem sempre reconhecidos pelo radar da imprensa cultural.

Vanguarda é um dos termos mais utilizados nos textos que estabelecem o percurso expositivo. Haveria quem preferisse falar em edição alternativa, banda desenhada independente ou outros termos que falham sempre na sua descrição dos objectos, mesmo que sejam amplamente reconhecidos pela comunidade de produtores e leitores destas publicações. E talvez comunidade seja um bom termo para enquadrar o que se passa num meio tão plural e visualmente variado como o que se mostra em Animal Collective. O trabalho dos eslovenos da Stripburger ou dos galegos do…

View original post mais 1.554 palavras

Deixe um comentário

Filed under referência

Quinta do Chique Frique

img73

Quinta-Feira das Novidades da Bedeteca de Lisboa em que apareceram sei lá quantos álbuns de Jonathan, série de BD de Cosey – vencedor do Grande Prémio do Festival de BD de Angoulême, ao qual L.L.de Mars fez o melhor comentário no DU9 e que passamos a citar: Cosey, ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah !

Vindo de mais uma colecção de BD no jornal Público do ano passado, é pura e simplesmente Yoga boredom franco-belga cortesia da Asa/ Leya que vende a coisa desta forma: Cosey, argumentista, desenhador e colorista, tornou-se conhecido pelo estilo original das suas bandas desenhadas, que narram aventuras em torno de personagens sempre cativantes. Apaixonado pela Ásia, o autor percorreu exaustivamente as remotas regiões de Ladakh, Amdo e Kham, bem como o Nepal, o Tibete central e a China, em busca de inspiração para as suas personagens. Alter-ego do seu criador, Jonathan é um aventureiro insaciável que parte à descoberta de diferentes culturas, sempre voltado para o Outro para melhor se conhecer a si próprio. As suas viagens pelo coração dos Himalaias proporcionam-lhe descobertas múltiplas, que levam sempre ao aprofundamento da natureza humana dos vários intervenientes. Uma série que congrega o espírito aventureiro, a linha clara e as filosofias orientais.

Reprise: Cosey, ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah !

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd estrangeira