Safou-se…

casa_capa_vf_altaRugas era “light” e O Inverno do Desenhador também não era muito melhor – um documentário pobrezito… Isto não tem impedido que se insista em publicar mais livros do espanhol Paco Roca em Portugal. Chegou à Bedeteca de Lisboa um livro que saiu, no ano passado, com o jornal Público intitulado A Casa, uma história de amor filial, uma emocionante homenagem de Paco Roca ao seu pai onde os sentimentos se misturam, dando lugar a uma ponte entre passado e presente.

A história, bem simples, mas contada com a mestria própria de um excelente narrador, conta-nos o regresso dos três irmãos à casa onde cresceram, mas que agora se encontra vazia devido à morte do pai. A casa tem de ser vendida e em conjunto devem esvaziá-la mas, à medida que começam a fazê-lo encontram objectos que lhes trazem à memória recordações, pequenas situações cómicas, momentos vividos em conjunto com o pai.

Estes títulos “extra” da Colecção Novela Gráfica pautaram-se entre o obrigatório Billie Holiday de Sampayo & Muñoz e o inócuo Chernobyl. Onde ficará A Casa? Fica na literatura “light” claro, que não haja dúvidas, no entanto, como representação realista de uma classe média ibérica é um documento interessante. Passa-se em Espanha mas é óbvio o paralelo com Portugal dos anos 80 aos dias de hoje. E Roca parece transmitir sentimentos mais pessoais e íntimos que nas obras anteriores. Menos mal…

Obra seleccionada para a Bedeteca Ideal.

Advertisements

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd estrangeira

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s