Corto reeditado com arte?

GR_Balada do Mar Salgado_Arte de Autor_01

A editora Arte de Autor vai reeditar A Balada do Mar Salgado de Hugo Pratt que deu inicio às aventuras do emblemático Corto Maltese. Esta edição, limitada a 1000 exemplares, a preto e branco (assim sim!), capa dura, com prefácio de Umberto Eco e caderno introdutório com aguarelas a cores, é comemorativa dos 50 anos passados sobre o início da publicação de Una ballata del mare salato na revista italiana Sgt. Kirk, em Julho de 1967.

Sinopse: Estamos a 1 de Novembro de 1913, quando algures no Pacífico, entre o meridiano 155º e o paralelo 6º Sul, os primos Pandora e Cain Groovesnore são resgatados como únicos sobreviventes do naufrágio do navio “A Jovem de Amesterdão”. O catamarã que os resgata, tripulado por nativos, é comandado por um estranho e rude homem branco, de longas barbas e olhar sombrio a quem chamam Rasputine. Este aceita manter os dois jovens a bordo pois, aparentando pertencer a famílias abastadas, acredita que poderão valer-lhe um avultado resgate. Mas no seu trajecto rumo a Kaiserine, o catamarã fará outro estranho encontro com alguém à deriva. Trata-se de Corto Maltese, um velho conhecido de Rasputine e do Monge, amarrado a uma jangada e lançado ao mar por uma tripulação amotinada. (…)

Infelizmente também teremos pela editora este aborto da natureza

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under bd estrangeira

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s