Procura-se dona asseada

51304261_637948776664053_5371662786189328384_n

Foi anunciada esta semana a demissão de Nelson Dona, após 20 anos à frente da BD Amadora. O anúncio redigido pela Lusa é bastante simpático e limpo, como convém aliás a qualquer instituição pública. No entanto, são vários rumores que questionam que talvez a demissão de Dona pela Câmara Municipal da Amadora não terá sido pacífica, uma vez que houve reclamações de autores e editores devido a vários incidentes ocorridos na última edição do festival – a única conhecida publicamente é o da Chili Com Carne cuja carta aberta mantêm até hoje sem resposta.

Enfim, que as comadres se entendam, só comentamos isto porque é “giro” ver como a imprensa engole qualquer treta vindo do mundo da Banda Desenhada, sem pensar nem permitindo o escândalo – ao contrário de outras áreas artísticas. Tal como, aliás, ninguém divulga quem irá suceder a direcção do Festival…

2 comentários

Filed under obituário, press center, referência

2 responses to “Procura-se dona asseada

  1. Ricardo Baptista

    Aparentemente será Lígia Macedo a suceder Nelson Dona. Julgo que já fazia parte da organização, o que prenuncia mudanças menos drásticas do que seriam necessárias.

  2. Feira Laica

    Caro Ricardo,

    Obrigado pela informação. O cosmos é incrível, não sabíamos disto quando escrevemos o “post” e o destino encarregou-se de dar a ironia à coisa. Não conhecemos a Dra. Lígia Macedo, por isso, não teceremos comentários sobre o seu trabalho passado ou futuro mas uma renovação parece-nos bem e não há razões para não acreditar que não ela poderá dar uma volta à programação, esperemos com vários toques femininos já que o “clube dos rapazolas” da BD sempre nos meteu nojo. Temos esperança que esta nossa “Sister” vá mudar o perfil do festival.

    Não entendemos o seu comentário, ou seja, não é por alguém estar no sistema antigo que não possa mudá-lo, aliás, como exemplo, no caso da Bedeteca de Lisboa, no tempo da Dra. Rosa Barreto que tomou o rumo do Salão Lisboa e da Ilustração Portuguesa conseguiu ter uma programação tão forte (e no entanto bastante diferenciada) dos tempos do Dr. João Paulo Cotrim, ou seja, correu bem! Poderia ter continuado se não tivesse acontecido o desdém pela BD durante o mandato corrupto do tenebroso Carmona Rodrigues.

    Acho que podemos dar, desde já, os parabéns à Dra. Macedo pela sua nomeação e não tecer comentários do que “a BD Amadora precisava”. Ela é que saberá de certeza. Como poderia dizer o tronco do Cavaco: “deixem-na trabalhar!”

    Cumprimentos,
    DLLA

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s