«se há uma coisa que não posso suportar, dizia Victor Hugo quando era testemunha de qualquer coisa especialmente estúpida ou má, é pensar que tudo isto amanhã há-de ser história»

Claudio Magris in Danúbio

O Farrajota pensa que é muito esperto mas também falha! Como todos nós, vá! Marcos Farrajota, autor e editor de BD, recentemente publicou uma investigação sobre o “LGBTI+ na banda desenhada portuguesa”. Um artigo esse que saiu na revista Pentângulo #2 que omite na sua listagem a BD Os Super-Heróis de Alex Gozblau (a) e Miguel Rocha (d) publicada na revista Comix #4 de Outubro de 2002, pela Devir.

IMG_20190510_103028906

BD de cinco páginas que estabelece um paralelo entre o homoerotismo dos super-heróis à homossexualidade reprimida em ambientes rurais. Um belo linguado é visto entre o Hulk e o Surfista Prateado (imagem) no estilo expressionista de Rocha.

Talvez o esquecimento de Farrajota desta BD na sua investigação seja porque esta revista, com algum ou pouco interesse, era uma publicação para o habitual “clube de rapazes”, com secções sui generis como a Bunda Desenhada, que é um excelente título (especialmente no Brasil). Escrita por um tal de Pedro Miranda era uma secção sobre personagens femininas na BD (para homenageá-las!!) que acabavam com uma pontuação realmente homenageante intitulada de Bundómetro:

 

Deixe um comentário

Filed under bd portuguesa, referência

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s