Quinta do Órfão

comboio2

Apareceu nesta Quinta-Feira das Novidades da Bedeteca de Lisboa o segundo volume da série O Comboio dos Órfãos de Philippe Charlot (a) e Xavier Fourquemin (d) que apesar dos maneirismos do mercado franco-belga – e de ser um livro da Arcádia que só tem publica redundâncias – não deixa de ser interessante enquanto romance histórico graças ao seu tema forte.

Sinopse: Na costa leste dos Estados Unidos, a onda de emigração maciça leva ao abandono de muitas crianças vindas da velha Europa. Miseráveis entre os mais miseráveis, crianças órfãs, abandonadas e maltratadas, sobrevivem à custa de pequenos furtos e mendicidade nas ruas de Nova Iorque. Só nesta cidade, eram cerca de 20 mil em 1854, ano em que foi posto em prática o primeiro programa de adopção, conhecido por “Orphan Train Riders”. O sistema adquiriu rapidamente uma dimensão e eficácia quase industrial. Quando a iniciativa terminou, em 1929, cerca de 250.000 crianças haviam sido enviadas para o Oeste. (…) Este livro relata uma longa viagem pautada pela amizade, pela entreajuda… mas também pela traição. As primeiras adopções lembram uma feira de gado e há quem esteja disposto a tudo para ser bem adoptado…

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd estrangeira, miúdos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s