Famelga

Chegou à Bedeteca de Lisboa o álbum Pittsburgh do norte-americano Frank Santoro que conta a história da sua família e o relacionamento com a cidade. O texto parece saído do caderno de um aluno medíocre do secundário – revelando o nível intelectual dos norte-americanos? Mais vale ir ler o Dash Shaw ou claro procurar a malta da Fréon, se alguém conseguir-nos explicar a notoriedade de Santoro, please do! Talvez o mais interessante deste livro será a técnica livre de Santoro que usa sem medos marcadores, lápis, tesoura, fita-cola e o que vier para a mão, o que inspira qualquer aspirante a autor de BD.

Apareceram os dois primeiros volumes de You’ll Never Know da “veterana” Carol Tyler que de forma confusa e pós-Maus trata das memórias de guerra do seu pai na Segunda Guerra Mundial. Confuso, muito confuso, excessivo,… Hell!! Quem percebe os gringos?

Por fim, também apareceu o terceiro volume da publicação completa das tiras diárias da série Walt and Skeezix (ou Gasoline Alley) de Frank King. Série que conta a história “em tempo real” de um solteirão burguês e uma criança adoptada, precedendo em décadas séries como a Love & Rockets ou Mämmilaä em que assistimos a personagens de BD a crescerem e a envelhecerem. Ler as tiras todas em 2020 exige tanto sacrifício como estar com a “famelga” na noite de Natalixo…

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd estrangeira, referência

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s