A BD na Feira do Livro de Lisboa

livro2021Vai acabar esta semana a 91 ª edição da Feira do Livro de Lisboa, como sempre no Parque Eduardo VII, sem dúvida o maior evento português livreiro e cultural da cidade. Depois de ter sido cancelada mais uma vez (tal como no ano passado) por causa da pandemia, na sua data normal (Maio/ Junho), Lisboa voltou a copiar as datas da Feira do Porto. A única coisa que não imitou do Porto é a comida e a programação – que continua a ser uma pimbalhada.

Daquilo que nos interessa, a Banda Desenhada, aumentou-se a oferta e visibilidade do ano passado. Há sempre o “Lixo da Leya” (que mesmo a preços baixos, nunca mais despacham o stock da BD editada neste milénio), a Devir voltou este ano à BD com um stand, a Europress mantêm os seus dois stands mas só com a Arte do Autor e G.Floy, a Chili Com Carne divide stand mais uma vez com a editora Blau, dedicada à Arquitectura, a Tigre de Papel também está lá com os seus três livros de BD e claro há também o lixo da Gradiva.

A grande novidade é uma tal de Convergência (dita loja e distribuidora?) que está a representar a Ala dos Livros, Escorpião Azul, Kingpin, Polvo e Umbra. E quase nos esquecemos sempre mas as BLX também stand, uma boa oportunidade para apanhar as edições da Bedeteca de Lisboa como a colecção Lx Comics – quando Lisboa realmente apostava em Cultura.

Mais uma vez a Feira não teve “show cooking”, mascotes com humanos precarizados a assarem ao calor de Verão e estão reduzidas as tristes sessões de autógrafos.

Deixe um comentário

Filed under acontecimentos, mercado

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s