Isabel Lobinho (1947-2021)

Faleceu em Junho a artista Isabel Lobinho, facto esse que não parece ter sido anunciado publicamente – e muito menos pela “comunidade” da banda desenhada.

Lobinho trabalhou em publicidade, ilustração e BD – publicando na Lorenti’s, O Máximo, Eros, Correio da Manhã e Visão (1975-76), publicação marcante que rompeu com a BD do “antigo regime”. Foi das poucas autoras visíveis na década de 70 e 80, com um trabalho onírico e erótico admirado ainda hoje por um forte culto. Nos últimos anos dedicou-se à pintura.

Quase todas as suas BDs curtas foram recuperadas em Revisão (Chili Com Carne; 2016) e Mário e Isabel teve uma reedição em 2002 pelos Cadernos Moura BD e foi incluída no livro Ficção – Obras Completas, vol. I (E-Primatur; 2017) de Leiria.

Deixe um comentário

Filed under obituário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s