Category Archives: acervo da bedeteca

As Indecisões de Janus

Um espaço delineado, volumoso, profundo, mas vazio, despojado. Cena. Depois, vários ensaios da sua ocupação, por texturas, objectos, travessias e ambientes. Possíveis dramatizações. Uma ilusão, criada com as linhas e manchas de tinta no papel, e o acto da “leitura” animando-o, ao espaço limiar, e animando-os, aos desenhos de Pedro Nora, coligidos, editados e publicados pela Fojo (com ensaios de vários amigos). Um livro de artista contemplativo, interior e delicado, a descobrir urgentemente. Edição limitada a 100 exemplares numerados.

Eles andam aí e já veio um exemplar parar à Bedeteca de Lisboa!

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, ilustração

É bom é…

Não sabemos como a Bedeteca de Lisboa tem a C’est Bon, uma revista sueca que ao contrário de outras deste país que se encontram no acervo da Bedeteca está redigida completamente em inglês!

Criada em 2004 por um colectivo que fazia parte parte Mattias Elftorp (que já visitou Lisboa duas vezes), a primeira série tem 6 números em que desde o inicio mostrava que é uma revista que “dá para os dois lados”, ora para BDs mais experimentais com as da alemã Anke Feuchtenberger como para mais convencionais com as do croata Daniel Zezelj.

Daí que estando a série actual já passaram autores tão diferentes como Tommi Musturi, Knut Larsson, Igor Hofbauer, Martin tom Dieck, o “nosso” Pedro Nora, Marko Turunen, Dash Shaw, entre muitos outros… E nos últimos anos uma série de autores portugueses como António José LopesRui Moura, Margo, Francisco Sousa Lobo (duas vezes) e num número mais recente a Ana Biscaia. A Bedeteca de Lisboa recebeu estes números com as participações nacionais, fazendo da Bedeteca de Lisboa, pelo menos, a biblioteca especializada de BD com “toda” a BD portuguesa editada no estrangeiro! C’est bon!!!

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd estrangeira, bd portuguesa, zines

Trio acordeão

Chegaram à Bedeteca de Lisboa três títulos dos anos 70 da editora francesa La Pliade que são umas BDs experimentais que se espalham em acordeão. Os autores são Marc Caro – sim o co-realizador de Delicatessen -, Mako e Bruno Richard, que é um dos grandes influentes artistas gráficos franceses do século XX e co-editor de Elles sont de sorties. Incrível como isto acontece! Melhor Bedeteca de sempre!

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd estrangeira

Future is now

future_01_screen_rgb

A Bedeteca de Lisboa recebeu os sete primeiros “comic-books” de Future, novo projecto do autor de BD Tommi Musturi. Série de Ficção Científica Bizarra que este finlandês promete desenvolver em dez números, em que explora vários estilos gráficos em várias BDs das publicações. Promete ser grandioso, como costuma ser sempre com Musturi! Aliás está a ser grandioso…

De resto, o autor regressará a Portugal para uma exposição na Tinta nos Nervos a 6 de Novembro. Há futuro nas exposições de BD em Portugal!

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd estrangeira, zines

Diários do Corona

A Fojo e O Gorila voltam à carga com o segundo volume de Diários do Corona de Bruno Borges.

Em pleno cativeiro forçado Bruno Borges abriu quatro janelas da sua casa e deixou-nos espreitar o desenrolar dos seus dias de confinamento, a braços com a família irrequieta e um par de animais que forçaram a entrada. Levar uma vida com tantos bichos não deve ser tarefa simples, mais ainda quando o mundo lá fora é um osso duro de roer. São assim os Diários do Corona. Quarenta entradas do diário desenhado do autor, agora compiladas em livro. Espelham quatro meses dos efeitos da pandemia de Covid-19 em Portugal, e o absurdo, medo e paranóia que a ela estão associados. O sentido de humor e ironia patente nos abraços ao medo, e nos pontapés às pedras do caminho, parecem ser a maneira mais saudável de evitar que os leões nos comam vivos.

Já andam por aí a circular exemplares e chegou um à Bedeteca de Lisboa.

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd portuguesa, obituário

Sonhos de Curadora

Não há mais exposições de artistas sem curadores. Ontem inaugurou uma assim no MAC , uma exposição colectiva SOMNIUM ET MIRABILIA, que tem como objectivo reflectir sobre as diferentes formas que o Ser Humano tem de vivenciar o Sonho, a partir da arte. Para dar corpo a esta mostra de artes plásticas, foram convidados 10 artistas, que nos brindam com um conjunto de obras de linguagem ímpar, e se distinguem pela sua originalidade e elevada qualidade artística, extravasando o circuito convencional oferecido pelas galerias contemporâneas. 

A gravura sobre papel, Papa-Asno (c.1520), da autoria de Lucas Cranach (o velho), que encabeça este convite em modo de cartaz, abre caminho para um mergulho no subconsciente de cada um nós, apelando ao seu manifesto e à sua fruição. Foi dentro deste universo do desconhecido, onde os afectos e os desafectos nos comprometem, que Ana Carrondo, Ana Torrie, André Lemos, José Feitor, Luís Henriques, Miguel Carneiro, Neide Carreira, Ricardo Castro, Rui Bourbon e Simão Martinez se embrenharam sem limites, deixando fluir noite após noite aquilo que a vigília teve oportunidade de lhes oferecer. 

Exposição estará patente até 17 de Novembro de 2021.

Na Bedeteca de Lisboa chegou o bonito catálogo da exposição.

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, acontecimentos, ilustração

Kuvittaja

A Bedeteca de Lisboa recebe trimestralmente a revista Kuvittaja da Associação Finlandesa de Ilustradores – a mesma que trouxe ao Palácio Galveias em 2008 a bela exposição Truth or Tales. Não percebemos pevas de “suomi” o que nos deixa chateados porque se há uma coisa que se percebe logo com esta publicação é que os finlandeses tem ilustradores com muita boa qualidade. Só pelas imagens vale a pena folhear esta bela revista para ilustradores que querem estar actualizados… visualmente!

1 Comentário

Filed under acervo da bedeteca, ilustração, press center, referência