Category Archives: acontecimentos

Porto Punk

LouiePunkWEB
Depois da Feira do Livro de Lisboa e Disgraça, e de uma rápida passagem pelo LAR, no Algarve, eis que chega a hora de lançar “oficialmente” o split-book Corta-E-Cola / Punk Comix no Porto – cidade onde este “movimento” teve resistências a surgir mas que nos dias de hoje poderá vir a ser a Capital do Punk, já que em Lisboa tudo é para turista ver…
Até dia 30 de Setembro, na Louie Louie [Rua do Almada, 307] está patente uma pequena exposição de artefactos Punk ligados à BD e Ilustração, contando com capas de discos (Cães Vadios, Subcaos, Corrosão Caótica…), originais de BD (Raridades) e publicações DIY como o Ezequiel, PxC fanzine, Ritmo, Buraco, Ganmse, Boring EuropaSangue Violeta… Objectos vindos quase todos directamente das colecções privadas dos autores do livro, Afonso Cortez e Marcos Farrajota (…) Do que poderão ver chamamos já a atenção para duas peças exclusivas: um original raro de Nunsky da BD Inadaptados, publicada no zine Mesinha de Cabeceira #4 (Jan’94), e a nunca antes vista primeira versão da capa do LP Rock Radioactivo dos Mata-Ratos, desenhada por Nuno Saraiva e imediatamente reprovada pela EMI e pela banda por acharem que algumas personagens – João Peste, Jorge Bruto – poderiam estar demasiado reconhecíveis e criar problemas. O autor de seguida fez a mesma composição mas todos travestidos de ratos, versão essa também recusada por evidenciar um skinhead esmagado por uma bomba…
Entretanto chegou à Bedeteca a folha de sala da exposição e onde já podemos espreitar a tal capa de Saraiva. Tem mesmo piada!
Anúncios

Deixe um comentário

Filed under acontecimentos, referência

HOJE, quando acaba o Verão…

cartaz-setembro17

+ info AQUI

Deixe um comentário

Filed under acontecimentos, outros media

ZineFestPt

final_flyer-zf20171

O ZineFestPt é um festival de fanzines pensado em português mas com uma visão internacional, que acontecerá entre os dias 1 a 3 de Dezembro e terá como sede do evento o Centro Comercial de Cedofeita, no Porto.

Irão realizar-se várias actividades como uma exposição de fanzines, uma feira de micro-edições e edições independentes, apresentações temáticas, lançamentos de publicações, conversas,  festas, música, workshops e tudo o mais.

Propostas e tudo mais estão em aberto, consultem o blogue oficial, sff.

Deixe um comentário

Filed under acontecimentos, zines

Atrito + Sapata

21762762_1564353393586420_5314905016403708067_oAtrito apresenta as aguarelas do livro de desenhos e textos de viagem de André Carrilho que, mais do que fazerem a continuação dos percursos iniciados com Inércia (2013), marcam o seu fim. Porque às vezes é preciso parar para poder seguir em frente. Afinal, cada desenho resultou de uma longa paragem em frente a cada um dos lugares. Acabada a obra, nada ficou como antes. Nem a paisagem e menos ainda o artista. Avancemos. Incluído na 8ª Edição do Bairro das Artes – amanhã na Abysmo às 19h.

À mesma hora e mesmo dia até porque está também inserido no Bairro das Artes acontece na STET o projecto Sapata Press, editora transnacional, sem fins lucrativos, com foco em banda desenhada/ quadrinhos de autoras de países de língua portuguesa. Na senda do feminismo interseccional, tenta inverter a sub-representação de mulheres e pessoas não-binárias nos espaços de produção de banda desenhada/ quadrinhos e a secundarização destas na história. Para este evento foram convidadas uma autora brasileira e uma portuguesa, que lançam em simultâneo publicações de cunho biográfico/ político e (ou) experimental: Sensui de Dois Vês (imagem em baixo) e Lado Bê de Aline Lemos.

sapataz

 

Deixe um comentário

Filed under acontecimentos, bd estrangeira, bd portuguesa, ilustração, zines

Tráfico de influências

JOÃO

Raia
Tráfico de edições e afins.
Anjos 70 (antigo Regueirão dos Anjos)
21 e 22 de Outubro — das 14 às 24 (Sábado); das 14 às 20 (domingo)

Estamos na fronteira mas não há linhas no chão.

Em Lisboa, durante o fim de semana de 21 e 22 de Outubro, a Raia será o lugar para apresentar e vender edições, discos e artes gráficas. Paralelamente, haverá programação com lançamentos, leituras, exposições, música e projecção de filmes.

A Raia será dos pequenos editores e dos artistas gráficos.

A Raia não tem apoios institucionais. A receita do aluguer das bancas será utilizada exclusivamente para as despesas decorrentes da organização.  (…) Já estão previstos alguns lançamentos e apresentações de edições. (…) Quaisquer dúvidas poderão ser esclarecidas por correio electrónico: raiafrita@gmail.com

Contenção de fachadas, alta gastronomia, legislação sobre drones, heráldica, a invenção do primeiro caniche proveta, aparições divinas em superfícies arbóreas e o fabrico de suspensórios testiculares, de nada disto tratará o ajuntamento que agora se divulga. No ano em que se comemora o centenário da revolução russa, eis que um sportinguista com couperose, uma astrónoma de Estômbar e um galante proprietário de uma funerária decidem convocar foliões da Mafalala e madraços de Ofir para uma inesquecível feira das modéstias a decorrer nos dias 21 e 22 de Outubro nos Anjos 70, em Lisboa.

Poesia e música, fotografia e prosa, edições piratas e posters corsários, ilustração neo-barroca, deejaying sem maneirismos, workshops de jiu-jitsu, origami, feng shui, chop suey e outros segredos orientais, a revelação está para breve, a alegria certa e o sexo será inesquecível.

Um programa ideal para quem gosta de tudo e mais alguma coisa.
___________________________________________

“A fronteira está na cabeça do branco”
Touro Sentado de Costas, 1870
___________________________________________

Deixe um comentário

Filed under acontecimentos, zines, mercado

Murais laicos da Bedeteca de Lisboa (2010-17)

FEIRA LAICA - edição independente

Foram feitos porque desde 2006 que a Bedeteca de Lisboa estava entregue a programação a custo zero.

Foram feitos porque as paredes da sala de exposições da Bedeteca de Lisboa estavam (estão – olhem bem para as fotos) de humidade a minar as paredes.

Foram feitos em 2010, numa Feira Laica porque era impossível colocar mais trabalhos nas paredes. Resultou bem não fossem as participações de peso: Afonso Ferreira, Ricardo Martins, Miguel Carneiro, Bárbara Assis Pacheco, Piggy, Tiago Albuquerque, Teresa Amaral, José Feitor, José Smith Vargas, Rudolfo, Lucas Almeida e o texano Nevada Hill.

Foram feitos estes murais para que alguém do poder local se decidisse a recuperar a sala de vez… resistiram até 2017, parece que a sala vai ser pintada este mês.

Rumores…

View original post

Deixe um comentário

Setembro 12, 2017 · 09:35

Quatro curadores

Quatro_Elementos_horizontal_porto.

Vai até dia 17 de Setembro a Feira do Livro do Porto – bem mais simpática que a de Lisboa, diga-se, mostrando que mais vale uma Câmara a organizar um evento destes com as livrarias da sua cidade que uma câmara a negociar com uma APEL… Curiosamente no mesmo dia da abertura da Feira eis que na Galeria Municipal do Porto inaugurou uma exposição de artes plásticas contemporâneas intitulada de Quatro Elementos.

Congrega pintores, escultores, desenhadores, videoartistas, músicos e outros artistas num diálogo com a obra de Sophia de Mello Breyner Andresen, figura central da Feira do Livro (…) Comissariada pela Câmara do Porto, Quatro Elementos é a terceira exposição do ano na Galeria Municipal e encerra com o Fórum do Futuro, em Novembro. Até lá, propõe um discurso a quatro vozes sobre um tema simultaneamente transversal à obra de Sophia e ao debate que vincula a edição deste ano do Fórum: o Planeta, todos os seus elementos, e a forma como a humanidade neles se inscreve na contemporaneidade.

Os quatro elementos são os quatro curadores convidados para desenvolver o projecto expositivo. São também o Fogo, a Terra, o Ar e a Água. A cada curador, o seu elemento: Fogo – Pedro Faro, Terra – Eduarda Neves, Ar – Nuno Faria e Água – Ana Luísa Amaral. De realçar que nestas exposições encontram-se trabalhos de Mattia Denisse e Rudolfo com o seu Musclechoo / Trump Card – a única BD da exposição.

De entrada livre, Quatro Elementos fica patente até 12 de Novembro e pode ser visitada de Terça-feira a Sábado, entre as 10 e 18 horas, e aos Domingos entre as 14 e as 18 horas. Durante o período da Fera do Livro do Porto, até 17 de Setembro, o horário é o seguinte: Domingo e Segunda-feira – entre as 11 e as 21h30, de Terça a Quinta-feira – entre as 10 e as 21h30, Sexta e Sábado – entre as 10 e as 23h.

Deixe um comentário

Filed under acontecimentos, bd portuguesa, ilustração, outros media