Category Archives: bd estrangeira

FINALMENTE

61+PeDvca6L._SX329_BO1,204,203,200_

Chegou à Bedeteca de Lisboa um dos livros de Lynd Ward (1905-85), autor fundamental na História da BD mundial e claro por ser politizado, ter feito livros (invés de “comics”), as BDs serem mudas (sem palavras) e pior ter feito Arte, é um nome ignorado por aqueles que dizem gostar de BD.

Wild Pilgrimage (o exemplar é uma reedição fatela da Dover) foi originalmente publicado em 1932, e relata a viagem de um jovem homem que assiste as misérias do mundo moderno (fábricas, prostituição, racismo, repressão policial), sendo as imagens ora a preto e branco a representar a realidade, ora a laranja para representar os delírios e sonhos do personagem.

Ward e muitos outros nos anos 20 e 30 produziram “os tão contemporâneos” Romances Gráficos, geralmente feitos em gravura e sem palavras, tradição recuperada mais tarde por Eric Drooker, por exemplo. Já agora uma lista de livros, para além dos já referidos, presentes na Bedeteca neste registo de “romance gráfico sem palavras”: Mulher 100 Cabeças de Ernst, “Ele foi mau para ela” de Milt Gross, “Flor” de Park Kun-Woong, os livros do “Samuel” de Tommi Musturi e ainda não catalogado e pirateado  Scottsboro, Alabama: A Story in Linoleum Cuts, de Lin Shi Khan e Tony Perez.

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd estrangeira

Como se alguma vez isto fosse possível ter na Bedeteca de Lisboa…

Snif, snif, link

Deixe um comentário

Filed under bd estrangeira, outros media

Antologia do Musturi

mielen_antologia

A MMMNNNRRRG vai acabar em 2020 mas pelos vistos disparam os últimos cartuchos com precisão! Eis que lançou a Antologia da Mente, uma colecção de histórias curtas pelo artista Tommi Musturi que inclui 37 trabalhos realizados entre 1997 e 2017. É um mergulho profundo na diversidade e formas diferentes de narrativa gráfica, pois Musturi usa estilos visuais e formas de contar histórias para nos entregar mensagens e ideias complexas. (…) inclui um artigo de seis páginas escrito pelo autor sobre o “Estilo” enquanto ferramenta artística.

As suas bandas desenhadas são quase sempre mudas (sem texto) e de uma comicidade camuflada. Acima de tudo é um humanista que apresenta o seu mundo e as suas personagens de todos ângulos de forma a girá-los num círculo em que a verdade apresentasse sempre em mutação.

Esperamos por este livro na Bedeteca de Lisboa! Até lá só se forem à Feira do Livro do Porto (stand 22, da Chili Com Carne, o único de BD) e algumas poucas lojas (Tigre de Papel, Linha de Sombra, Tasca Mastai, MOB…) por enquanto.

Deixe um comentário

Filed under bd estrangeira

Neo-Manga? Gegika!

_358x500_sh_32_imiri_sakabashira

O número 32 da š! é dedicada ao Japão e está um mimo – até está virada ao contrário para se ler à oriental. E um exemplar já chegou à Bedeteca de Lisboa!!!

Participam várias gerações de autores de Gekiga (“BD séria”) como Hironori KikuchiImiri SakabashiraJiro IshikawaJun OsonKanako Furugori, mississippiNerunodaisukiNishioka Bro-sisNutoguranRokudai TanakaTakako OokiTana HiuchiTatari TakayamaTokushige KawakatsuTsuchika NishimuraWakana YamazakiYoshie, Yuichi YokoyamaYuko Tateyama,…

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd estrangeira, zines

EM MEMÓRIA DE FRANS MASEREEL

beja0

Nos próximos dias 14, 15 e 16 de Setembro o Festival de Banda Desenhada de Bruxelas acolherá a exposição “Bande Dessinée Portugaise – 22 Auteurs Contemporains”, organizada pela Embaixada de Portugal em Bruxelas, pelo Instituto Camões de Bruxelas e pelo Município de Beja/Bedeteca de Beja.

Estaremos incluidos nesta apresentação, que é uma visão necessariamente estreita, já que representa uma pequena parte do movimento artístico português nesta área (pranchas de 22 dos mais de 200 autores de banda desenhada a trabalhar regularmente no nosso país).

Também estarão presentes várias editoras portuguesas, como a Quarto de Jade ou a Pianola Editores. Deixamos aqui o nosso contínuo agradecimento ao Paulo Monteiro e o link do Festival:www.fetedelabd.be.

View original post

Deixe um comentário

Filed under acontecimentos internacionais, bd estrangeira, bd portuguesa

Acid Trolls

MaximumTrollOn

Foi lançada uma das últimas edições da MMMNNNRRRG (últimas mesmo, a editora anunciou a sua morte para 2020), trata-se de Maximum Troll-On do finlandês Benjamin Bergman, uma banda desenhada de dois elfos e um cavalo em várias aventuras que devem mais aos Freak Brothers ou aos Blues Brothers que ao Senhor dos Anéis (…). As BDs são mudas mas canta-nos as aventuras destas personagens fantásticas entre ácidos e Sword & Sorcery, cogumelos mágicos e ZZ Top, MDMA e Conan, o Bárbaro. Comparando com muita freakalhada da produção contemporânea como o Matthew Thurber ou Joe Daly, que parecem sempre pálidas imitações de Gary Pather, venham antes para este livro. (…) Bergman quando era puto deve ter absorvido demasiado desenhados animados e bonecada em PVC, daí ser um autor do famoso atelier de Helsínquia Kutikuti. Já nos visitou em 2009 numa Feira Laica na Bedeteca de Lisboa (2009) e até sobreviveu até hoje um mural seu na entrada da biblioteca, feita colectivamente com Tommi Musturi, Jarno Latva-Nikkola e Tiina Lehikoinen.

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd estrangeira, referência

O Inferno são os outros

Do-Inferno_capaEstá feito… Pouco mais há do Alan Moore que falta editar em Portugal – Monstro do Pântano? Lost Girls?

Depois dos Miracleman ou Watchmen, eis que finalmente sai a edição portuguesa de From Hell de Moore e Eddie Campbell. A “culpada” é a Devir que de vez em quando aposta em BD sem ser para teenagers… Parabéns à editora pelo novo “tijolo”!

Sinopse: A história de Jack o Estripador, onde se detalha os eventos que levaram aos assassínios e o posterior encobrimento dos mesmos. O livro combina uma investigação meticulosa com especulação informada e o resultado é uma obra-prima de ficção histórica tão convincente como aterradora.

Obra seleccionada para a Bedeteca Ideal.

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd estrangeira