Category Archives: obituário

Murais laicos da Bedeteca de Lisboa (2010-17)

FEIRA LAICA - edição independente

Foram feitos porque desde 2006 que a Bedeteca de Lisboa estava entregue a programação a custo zero.

Foram feitos porque as paredes da sala de exposições da Bedeteca de Lisboa estavam (estão – olhem bem para as fotos) de humidade a minar as paredes.

Foram feitos em 2010, numa Feira Laica porque era impossível colocar mais trabalhos nas paredes. Resultou bem não fossem as participações de peso: Afonso Ferreira, Ricardo Martins, Miguel Carneiro, Bárbara Assis Pacheco, Piggy, Tiago Albuquerque, Teresa Amaral, José Feitor, José Smith Vargas, Rudolfo, Lucas Almeida e o texano Nevada Hill.

Foram feitos estes murais para que alguém do poder local se decidisse a recuperar a sala de vez… resistiram até 2017, parece que a sala vai ser pintada este mês.

Rumores…

View original post

Anúncios

Deixe um comentário

Setembro 12, 2017 · 09:35

Artur Varela (1937-2017)

20140622091224_70Z6QP8R7VY192XCYN99

Faleceu esta semana o escultor Artur Varela, que também realizou uma série de BD humorísticas publicadas no fanzine Zundap e em dois livros a solo: Piolheira Blues e Zé Messias Deputado. BD’s essas que batiam nos políticos de forma forte e feia como, aliás, qualquer político merece. Foi um dos artistas que participou na Alternativa Zero – Tendências Polémicas na Arte Portuguesa Contemporânea em 1977, exposição organizada por Ernesto de Sousa que decorreu na Galeria Nacional de Arte Moderna, em Belém.

Deixe um comentário

Filed under obituário

Adam West (1928-2017)

01 Batman Back to the Batcave Book 01 5-4-6

O Batman que todos se riam e que fez sucesso na comunidade Gay faleceu no passado dia 9, ou melhor, quem faleceu foi o seu alter-ego Adam West que vestiu-se de “homem-morcego-azul-claro” na série ultra-kitsch de TV dos anos 60. Na Bedeteca de Lisboa está lá a sua biografia…

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, cinema de animação, obituário

Skip Williamson (1944-2017) e Bernie Wrightson (1948-2017)

Bernie_Wrightson

Faleceu no passado dia 18 o desenhador Bernie Wrightson, autor de uma carreira enorme na indústria de BD norte-americana sobretudo na área mais ligada ao Terror – sendo o co-criador do Swamp Thing, personagem-monstro-pantanoso que viria a ter glórias enormes mais tarde nas mãos de Alan Moore.

Skip

Dois dias antes faleceu Skip Williamson, tal como Jay Lynch (também falecido este mês) foi uma figura central do underground comix, aliás, é impossível dissociá-los pois eram amigos e foram editores da revista Bijou Funnies.

Deixe um comentário

Filed under obituário

Stop the press (12)

gotlib

Reparamos hoje nas bancas dos bons “press-centers” um número especial da revista DBD (publicação chata da BD franco-belga mais chata possível) dedicada a Gotlib… Choque! Não nos apercebemos que este autor francês tinha falecido em Dezembro do ano passado! A revista parece oferecer uma homenagem decente a esta importante figura que fez parte de uma renovação da BD francesa nos anos 70, tendo sido também o editor fundador das revistas L’Écho des Savanes e Fluide Glacial.

Deixe um comentário

Filed under obituário, press center, referência

Jay Lynch (1945-2017)

wacky-rev

Faleceu no passado dia cinco o norte-americano Jay Lynch, autor e editor de “comix underground” bem como ilustrador dos infames cromos Garbage Pail Kids e Wacky Packages. Encontra-se um texto biográfico sobre o autor no The Comics Journal.

Deixe um comentário

Filed under obituário

Dick Bruna (1927-2017)

Segundo esta notícia no Diário de Notícias, faleceu na semana passada o autor holandês de livros para a infância Dick Bruna.

Aproveitamos este triste facto, no entanto, para lembrar do livro As Gémeas Marotas de “Brick Duna” que parodia o trabalho de Bruna e sobre o qual foram escritas as seguintes notas num blogue perdido na ‘net: Pensava eu que os portugueses não tinham muito perfil para partidas mas se formos a ver bem depois dos narizes vermelhos aos políticos palhaços (2005), o Walt Thisney, Black Taiga ou a promoção nacional feita ao Tintin Akei Kongo nos últimos anos, até dá no que pensar, que afinal existe apetência para esta gentil arte do détournement e do rip off à cultura oficial. Mais ainda quando se encontra um mini-álbum com ar de literatura para a infância e lá dentro é só coelhinhas, meninas e meninos a comerem-se como se tivessem acabado de ler os primeiros capítulos da História do Olho do Bataille.

O rapinanço é óbvio, é a coelhinha Miffy do holandês Dick Bruna, que já nos anos 70 tinha sido copiada pelos ‘nocas da Hello Kittie mas isto noutro campeonato… E como sabemos que é uma brincadeira ‘tuga? Vão as duas prá banheira, onde lavam as mamocas. Lá por serem asseadas, são também duas badalhocas. Parece que deixa poucas dúvidas que os textos foram feitos a pensar para rimar em português mas quem sabe? Se calhar isto pode ter sido mesmo editado em 1975 com a cedência da editora Een Kat in de Zak Kopen (lol). Tal como as Tijuana Bibles estas Gémeas são uma versão Hardcore de personagens Pop que geralmente ao abrigo da propriedade intelectual dos seus criadores ou detentores dos direitos de exploração comercial, são obrigadas a serem assexuadas e capadas pelos seus próprios criadores armados em Deus antes do cabrão expulsar-nos do Paraíso. Livros como este vem repor a verdade biológica das personagens. É uma questão de justiça no seio do conservadorismo capitalista. Era mesmo necessário ver a Miffy a levar no traseiro pela cenoura do Ribeiro! 

E onde se arranja esta depravação? No submundo, claro… E pelos vistos nas BLX!

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, ilustração, obituário