Category Archives: outros media

Trabalha malandro!

trabalho

 

Trabalho Capital, Ensaio sobre gestos e fragmentos é uma exposição-instalação comissariada por Paulo Mendes a partir da Colecção Norlinda e José Lima no Centro de Arte Oliva, em São João da Madeira. Inaugura no dia 13 de Abril, às 21h30 e inclui obras de Carlos Botelho, Eduardo Batarda, Gonçalo Pena, Pedro Proença, Stuart Carvalhais, Tiago Baptista e Xavier Almeida entre muitos outros…

Nesta exposição-instalação coloca-se em diálogo a colecção Norlinda e José Lima com novas obras realizadas para este projecto, outras já produzidas e, igualmente, material documental e técnico do espólio museológico industrial relacionado com a história da Fábrica Oliva. Pretende-se convocar a memória histórica, social e política da Oliva, confrontando-a com o nosso tempo e o actual espaço expositivo.

A convocação desse património material e imaterial é uma das componentes importantes deste projecto, tendo como premissa aqui reunir trabalhos que estejam de forma mais directa ou indirectamente relacionados com algumas ideias e conceitos que podemos inventariar e debater com a ideia de TRABALHO.

Nesta Fábrica, fundada nos anos 20 do século passado e definitivamente fechada em 2010, existe agora um espaço cultural. Aqui assistimos à fragmentação e recomposição de um espaço fabril, que permite novos usos e sentidos performativos.

Numa cidade com um grande parque industrial, deseja-se não obliterar essa memória, mas convocá-la para este projecto, que vai confrontar os habitantes da cidade e os visitantes que chegam de fora, com uma realidade industrial passada e presente. A ocupação de uma antiga Fábrica por um projecto cultural levanta questões sobre a relação entre trabalho e cultura, entre valores materiais (produção de capital) e imateriais (produção de cultura).

Nesta exposição-instalação, a memória do espaço de trabalho, fabril e industrial será reactivada através de documentação fotográfica e fílmica. Foram realizadas um conjunto de entrevistas a antigos operários, iniciando, assim, um arquivo oral e de vídeo que vai ser exibido na exposição como forma de devolver a Fábrica Oliva à cidade e restabelecer uma ponte com o passado.

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under acontecimentos, outros media

Isto é sujo sujo sujo

55639988_2388950997993320_2498422582487810048_n

Exposição de Tiago Baptista na Aposentadoria.

Deixe um comentário

Filed under outros media

Inland

Convite João fonte Santa inst

+/- info

Deixe um comentário

Filed under acontecimentos, outros media

Neo-miúdos

CARTAZ_1_600_839

Esteve patente entre Março e Setembro do ano passado uma exposição no Museu do Neo-Realismo intitulada de Miúdos, a vida às mãos cheias – A infância do Neo-Realismo português, que se centrava nas expressões artísticas sobre a infância no neo-realismo. Na exposição encontravam-se algumas reproduções de revistas de BD do acervo da Bedeteca de Lisboa (Camarada, Diabrete, Lusitas, Mundo de Aventuras e Papagaio) e talvez seja por isso que o catálogo da exposição veio parar à Bedeteca.

Nas palavras das curadoras, Carina Infante do Carmo e Violante F. Magalhães, “O tópico da infância é uma das dimensões mais significativas da construção da contra-hegemonia cultural do Neo-Realismo à política salazarista. Para os neo-realistas, a criança é um dos ícones da esperança, da emancipação social e da potência transformadora de futuro. O recurso à infância nas figurações artísticas e literárias combina o ensejo de denúncia com uma dimensão pícara e, fundamentalmente, lírica.”

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd portuguesa, miúdos, outros media, referência

Livro felino!

capa gato

Depois dos cães há é gatos! Saiu em Janeiro uma colectânea de BDs de críticas à música moderna portuguesa por Tiago da Bernarda através do seu avatar Gato Mariano. Já chegou à Bedeteca de Lisboa um exemplar, yes!

O Gato Mariano : Críticas Felinas (2014-2018)  é o volume 13 da Colecção Mercantologia, dedicada à recuperação de material perdido no mundo dos fanzines e afins (…)  publicada pela Associação Chili Com Carne, o presente volume apresenta uma selecção de várias BDs da série O Gato Mariano publicado originalmente em várias plataformas em linha, desde 2014, com o nome Críticas Felinas (…), no sítio Rimas e Batidas, nos zines O Gato Mariano Não Fez Listas em 2015O Gato Mariano não fez listas e confrontou um fã que disse não perceber as suas reviews em 2016 e O Gato Mariano não fez listas em 2017 e nos dois números do fanzine Mariano (2016-17).

Dizem na Chili Com CarnePeludo, porte médio, língua afiada. É assim que Tiago da Bernarda descreve o seu alter-ego, mais conhecido como Gato Mariano, o crítico felino que vagueia os confins da Internet. É nesse lugar amorfo e amoral que, desde 2014, tem vindo a discutir sobre os mais recentes projectos da música alternativa portuguesa. O que começou como webcomic vira agora uma antologia que reúne as melhores tiras dos últimos quatro anos, num intenso volume de  144 páginas, muitas delas a cores (18x25cm) e uma super-capa com cortante de gato assanhado!

Samuel Úria diz isto (é de ficar de boca aberta! Músicos e escritores não deveriam comentar artes visuais!): O Gato Mariano é uma das grandes criações da década (estimativa conservadora) em Portugal. Possivelmente nunca lhe será feita devida justiça, até porque um dos encantos que tem é a “subterraneidade”, o traço e as reflexões como nos grandes mestres de apelo clandestino na BD do final do século passado. Não é um Kochalka português, nem um Tony Millionaire português, nem um Mike Diana português; é um Tiago da Bernarda português. Nem boa música nem bom brouhaha mas de certeza um livro de alta fixeza, vamos confirmar!

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd portuguesa, e-comix, outros media

Punk reciclado

A3 12x12Lançado pela Chili Com Carne e a Zerowork Records, eis os restos mortais de um CD que acompanhava o livro-duplo Corta-E-Cola / Punk Comix (Chili Com Carne + Thisco; 2017) agora numa edição tipo “graphzine” em risografia como manda a regra em 2019, que chegou à Bedeteca de Lisboa.

Dizem: Se a Música sempre foi registada em objectos circulares, das primeiras máquinas mecânicas às rodas das k7s. A Reciclagem artística e a ecológica seguem o mesmo princípio geométrico. (…) Foram tirados 1000 exemplares do livro e 1000 cópias do disco, no entanto só 700 dos CDs é que entraram nos livros. Cerca de 300 exemplares do livro foram para as grandes cadeias livreiras… recusando trabalho de escravo para esses monstros ou satisfazermos consumidores preguiçosos, não foram enfiados discos nesses exemplares.

Esta sobra de discos inspirou-nos a criar um graphzine com 13 desenhadores a ilustrarem as músicas que por sua vez foram baseadas na BD da forma mais abrangente possível: sobre autores (Vilhena, Johnny Ryan), personagens (Mandrake, Corto Maltese), séries (O Filme da Minha Vida) ou livros (V de Vingança, Caminhando Com Samuel). Alguns temas são mais óbvios que outros mas o resultado é uma rica mistura de sons que vão desde o recital musicado ao Crust mais barulhento. (…) participam neste graphzine com BDs, desenhos e ilustrações vários autores “punkis” assim assim, que já foram ou ainda serão ou nem por isso Mauro Coelho, Ana Louro, Neno Costa, Ana Caspão, Nunsky, Rui Moura, José Smith Vargas, Xavier AlmeidaMarcos FarrajotaRudolfo, Vicente NunesAndré Coelho. E Jucifer na capa.

Deixe um comentário

Filed under bd portuguesa, ilustração, outros media, zines

Crocópolis

teresa net

AMANHÃ, a partir das 16h, inaugura a exposição de pintura, escultura e vídeo de Teresa Ribeiro no Atelier Logicofobista (no Porto).
Crocópolis é uma cidade imaginária habitada por diferentes personagens, maioritariamente animais: vacas, galos, minhocas, burras, tartarugas, lagartos, polvos – vampiros e outros de quatro pernas. Cidade em constante construção e desconstrução, sujeita ao génio irascível da sua criadora, é governada em terra pela sua fiel discípula, crocodila de espécie mas de nome incerto, que com o ego exacerbado pela confiança cega que em si foi depositada, não poupa os seus lacaios às mais vis situações.

Deixe um comentário

Filed under acontecimentos, outros media