Category Archives: press center

A revista desenhada

jpg-90808

Já cá a referimos e eis que encontramos um exemplar na Bedeteca de Lisboa da La Revue Dessinée é uma revista francesa trimestral de reportagens em BD. O número 10 que podemos consultar (e levar para casa!) encontramos logo dois temas interessantes, um sobre a ascensão e quedas do negócio dos parques temáticos nos anos 80 e sobre o massacre na Charlie Hebdo. Não podem fazer uma assinatura da revista?

Entretanto serve este “post” para alertar para o tema deste ano da BD Amadora: a reportagem! Sim senhora, os astros alinham-se!

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd estrangeira, press center

Tchiiii! O Che!

levoir_vida_che_capaA Levoir apresenta a mítica obra A vida de Che. Coincidindo com o 50º aniversário da morte de Ernesto “Che” Guevara, chega às bancas portuguesas em parceria com o Público e a FNAC a biografia do ícone da Revolução Cubana, escrita por Héctor Germán Oesterheld e ilustrada por Alberto e Enrique Breccia.

O revolucionário Ernesto “Che” Guevara, foi fonte de inspiração de muitas biografias, mas esta causou o maior impacto. A obra foi publicada na Argentina em 1968, três meses após a morte de Che, sendo uma das que mais ajudou a consolidação da imagem de Guevara como um herói latino-americano. A editora foi invadida e os materiais e originais foram confiscados e destruídos. Em 1973 a obra foi proibida e ficou indisponível até aos anos 80, quando foi reeditada em Espanha.

Dia 8 de Outubro nas bancas por 11,90€ mais o jornal Público.

Na Bedeteca de Lisboa há muito tempo que estão no seu acervo as edições italiana e brasileira desta obra. Obra seleccionada para a Bedeteca Ideal.

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd estrangeira, press center

Kuvittaja

21314568_1620071954694253_8577656546089963443_nA Bedeteca de Lisboa recebe trimestralmente a revista Kuvittaja da Associação Finlandesa de Ilustradores – a mesma que trouxe ao Palácio Galveias em 2008 a bela exposição Truth or Tales. Não percebemos pevas de “suomi” o que nos deixa chateados porque se há uma coisa que se percebe logo com esta publicação é que os finlandeses tem ilustradores com muita boa qualidade. Só pelas imagens vale a pena folhear a revista!

Para ilustradores que querem estar actualizados… visualmente!

PS – neste número aparece a autora de BD / Ilustradora Pauliina Mäkelä (a capa é dela) que por si só já justifica toda a edição.

1 Comentário

Filed under acervo da bedeteca, ilustração, press center, referência

Stop the press (14)

monde_diplo

Dois jornais “do contra” a publicarem BD no mesmo mês de Agosto! E o mesmo autor, o Marcos Farrajota. Na edição portuguesa do Monde Diplomatique responde com uma BD de página inteira se os intelectuais devem ou não intervir civicamente em nome de uma causa. N’A Batalha inicia uma tira (humorística?) sobre “artes modestas” – termo cunhado por Hervé Di Rosa e divulgado numa conversa com este autor em Maio, evento esse referido na tira. O José Smith Vargas já não está sozinho…

Os jornais já estão disponíveis na Bedeteca de Lisboa.

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd portuguesa, press center

K.O. em Telavive AMANHÃ

NGIII_06

Esperemos que este livro não seja mais uma “literatura light” que infelizmente a Colecção Novela Gráfica deste ano está a tomar rumo… Amanhã com o jornal Público sai  K.O. em Telavive de Asaf Hanuka, autor que admiramos quando fazia o “comic-book” Bipolar com o seu irmão Tomer…

Sinopse: Como é que se pode ser israelita? Como é que se pode viver num país sempre em guerra? Tel Aviv é uma cidade vibrante, cheia de prazeres, e com uma das cenas artísticas mais vibrantes do mundo, um Sin City [oh não…] dentro de Jerusalém. Invocando a sua condição de artista, pai, marido ou cidadão israelita, Asaf Hanuka retrata o dia-a-dia do seu país, mas não só. Apresenta-nos todos os ícones dos nossos dias, desde o cubo Rubik aos Transformers, do Iphone ao Facebook de uma forma que deixa os leitores… K.O.

Deixe um comentário

Filed under bd estrangeira, press center

Ignorantes

AF_NOVELAS_GRAFICAS_2017_03_capa

Saiu hoje com o jornal Público o álbum Os Ignorantes – Relato de uma Iniciação Cruzada de Étienne Davodeau, no âmbito da Colecção Novela Gráfica 2017.

Diz a sinopse: O que têm em comum um produtor de vinho biológico e um autor de BD? Esta obra relata a experiência de dois amigos, Étienne Davodeau, um dos maiores autores de banda desenhada francesa actual, que não sabe nada de vinhos e Richard Leroy, viticultor que quase nunca leu BD. Juntos irão descobrir a ligação entre duas áreas aparentemente tão distintas.

O vinho e a BD vão servir de base a esta obra nomeada para a selecção oficial do Festival de Angoulême e mostrar que para a produção de vinhos e para a criação de um livro são necessárias dedicação, paixão e amor para que o trabalho seja bem realizado. Davodeau convida Leroy a partilhar a sua vida de viticultor em Anjou, França. Étienne foi trabalhar nas vinhas e na adega de Richard, durante mais de um ano, e este mergulhou no mundo do autor aprendendo como se produz um livro, como se promove nos Festivais, como é a relação com os fãs, com a editora e descobrindo que existem tantas maneiras de o fazer quantas as de produzir um vinho.

 

Deixe um comentário

Filed under bd estrangeira, press center

Quiz!

A Bang! é:

1) um título de uma revista francesa de referência sobre BD e imagem?

2) uma revista espanhola de informação e estudo de BD?

3) uma revista portuguesa sobre Fantasia e Ficção Científica?

Resposta: todas as respostas estão certas! Deve ser o título mais abusado do planeta sabe-se lá porquê…

bang-9-portada-150A “versão” espanhola mostra que em Espanha há uma enorme tradição de estudo da BD que chegou até aos dias de hoje… Neste caso foi criada pelo respeitado crítico, investigador e editor Antonio Martín e existiu entre 1968 e  1977 sendo que a Bedeteca tem todos os números entre o 7 e o 13 mais quatro números especiais de reedição de clássicos da BD espanhola. Numa consulta supercial é engraçado encontrar artigos de 1972 sobre o Mercado de San António (em Barcelona) que ainda hoje é um centro de mercado colecionista para tarados bedéfilos e outros animais nostálgicos, sobre o complicado mercado dos argumentistas com uma fotografia de Filipe Hernandez Cava com 20 anos (em 1974), sobre o “artista colectivo” El Cubri, uma entrevista ao mestre Alberto Breccia (em 1973) e um ensaio sobre a BD política sob a ditadura Franquista, escrito um ano antes do porco imundo morrer! Um tesouro esta publicação!

bangA revista francesa foi o que nos fez escrever este “post”. Existiu entre 2003 e 2006 num total de 12 números e um especial e encontram-se os números 4, 5 e 6 na Bedeteca. A revista é um super-luxo de impressão e design,  co-editada pela Casterman (casa belga de Corto Maltese, por exemplo) e pela reputada Beaux Arts Magazine – que quer no passado quer nos nossos dias ainda dedica alguns números especiais sobre BD, como Qu’est-ce que la BD aujourd’hui?, um excelente guia de novas tendências que mesmo sendo de 2003 é actual q.b. – encontram-se vários exemplares na Bedeteca! Estava em destaque na prateleira das novidades o número 5 e é dedicado ao inglês Alan Moore com uma interessante entrevista, uma BD inédita com Oscar Zarate e ainda uma Foto-BD biográfica sobre este autor. Também tem um artigo sobre Calvo onde podemos ver que os franceses são mesmo uns arrogantes que pensam que inventaram tudo!!! Allez les gars! A primeira loja de BD no mundo é holandesa, a ainda activa Lambiek fundada em 1968 em Amsterdão e não a vossa Futuropólis de 1972! Já agora, conhecem o Raphael Bordallo Pinheiro? Un manguito pour vous!

Bang18-713x1024A portuguesa subintitula-se como uma revista de Fantasia, FC e Horror, é editada pela Saída de Emergência e gratuita exclusivamente nas lojas da FNAC. Bem redigida encontramos artigos curiosos acerca a BD como sobre Hector Oesterheld, a galeria da exposição “Figuras Clássicas do Terror”, uma entrevista a João Leitão (do filme Capitão Falcão), etc…

Só podemos levar de empréstimo as Bang!s francesa e portuguesa. A espanhola não porque os exemplares estão ligeiramente danificadas, só podendo ser consultada localmente.

1 Comentário

Filed under acervo da bedeteca, press center, referência