Category Archives: silly season

É o livro de BD humorística mais deprimente de sempre, evite-o para não estragar o resto das férias!

Capa-Conversas-com-os-Putos

Conversas com os putos de Álvaro é uma compilação de supostos diálogos entre um explicador de geometria descritiva e os seus alunos, que traça um retrato ao mesmo tempo divertido e assustador da falta de cultura e desinteresse de muitos alunos. Retrato da nossa época que, felizmente, não cai muito num discurso reaccionário – só é lamentável que o autor ache que não saber que o Astérix saiu primeiro em livros antes do cinema seja uma calamidade cultural… Álvaro merece os prémios de humor que ganha, não é previsível como a envelhecida dupla Geral & Derradé. Sabe escrever diálogos dinâmicos e naturais e merecia ter um tira diária num jornal invés de dar explicações a estes putos ranhosos!

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd portuguesa, silly season

Superduperman

jupiters-legacy-cover-PT.jpg

Não sabemos porque ainda há super-heróis depois de Miracleman e Watchmen mas há ainda quem tente fazer séries de BD pós-Moore e que falham redondamente. Algumas conseguem ser divertidas como é o caso deste O Legado de Júpiter de Mark Millar (a) e Frank Quitely (d), cujo primeiro volume chegou à Bedeteca de Lisboa.

Neste caso, esta série conta sobre super-heróis de segunda geração: o que acontece num mundo em que existem super-poderes, quando a primeira geração de super-heróis, os idealistas, os que lutaram pela democracia, pela sua nação, os que acreditaram que com grandes poderes vem grande responsabilidade, cede o lugar aos descendentes, os cínicos, mimados e privilegiados, que se habituaram a ter tudo?

Vamos a la playa!!!

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd estrangeira, silly season

Cruzescredo!

The_Red_Iceberg_(1960)

Os comunas podem ter culpa de muita coisa (a última foi esta)  mas também não merecem um “comic-book” tão reles como The Red Iceberg, pura propaganda anti-comunista de autor desconhecido, publicada em 1960 por uma associação cristã norte-americana.

Chegou à Bedeteca de Lisboa um exemplar fac-símile, uma “mini-replica”, pela Pinko Joe, ou seja, Christopher Sperandio que andou por Cascais e Lisboa no mês de Julho. O comentário da edição, resume tudo: Can you believe this shit?!

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd estrangeira, silly season

Amor de Verão

Couv_36372

A Bedeteca de Lisboa é uma caixinha de surpresas e eis que encontramos uma bela de uma raridade: Poignées D’ Amour de Willem, uma antologia de BDs escatológicas e anti-burguesas que são perfeitas para estes dias estendidos na piscina municipal. E claro, melhor isto que gastar dinheiro nas chachadas da Novela Gráfica, sempre acumula para jantar fora…

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd estrangeira, silly season

Estrelas de Lata

b9dee0f926da420b98f8bc71c592b5efEis uma série de ficção científica fixe para os putos se entreterem nas férias: Descender de Jeff Lemire (a) e Dustin Nguyen (d).

Diz a sinopse: Dez anos depois de uma súbita invasão de robots do tamanho de planetas, os Colectores, ter devastado a galáxia, um jovem andróide chamado Tim-21 acorda para descobrir que todos os robots foram proibidos e colocados fora-da-lei. Mas Tim talvez esconda os segredos dos Colectores no seu ADN mecânico, o que o torna o alvo mais procurado de todo o Universo.

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd estrangeira, miúdos, silly season

Re-Falo-Barato

23376331_877643599066318_4993929142350594884_n

Inesperada a reedição de Zé Inocêncio : As aventuras extra ordinárias dum Falo Barato de Nuno Saraiva. Álbum editado originalmente em 1997 pela BaleiAzul e Bedeteca de Lisboa, na colecção Bedeteca – uma colecção dedicada à recuperação de BD portuguesa publicada em periódicos, tendo publicado várias obras importantes como as de Relvas, Cottinelli Telmo, Ana Cortesão, Fernando Bento, Sérgio Luís e Luís Félix.

Uma reedição em Portugal é raro, estando esta iniciativa a cargo da Procyon uma jovem e ilustrada editora dedicada aos jovens e aos nem tanto jovens! Seja lá o que isso quer dizer… Chegou um exemplar à Bedeteca deste álbum lançado em Dezembro do ano passado na Tasca Mastai.

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd portuguesa, mercado, silly season

Lisboa a três vinténs

Expo tres vintens_01

A Três Vinténs é o título principal desta exposição. Uma antiga gíria que se referia ao preço barato que custava cada fascículo, onde se publicavam faseadamente, por entregas semanais, romances de cariz popular protagonizados por corsários, detectives, gangsters, ladrões famosos e outras personagens capazes de fascinar os leitores. Constituíram uma forma de publicação popular surgida na segunda metade do século XIX nos EUA, que se expandiu para a Europa.

Em Portugal foram editados os primeiros fascículos a partir de 1909, graças aos quais se popularizaram os nomes de Arsénio Lupin (Arsène Lupin), Capitão Morgan, Texas Jack, Nick Carter, Búfalo Bill, a que se juntaram personagens da autoria de escritores portugueses, designadamente Repórter X de Reinaldo Ferreira, e Dynamite Joe de Roussado Pinto. É a amostragem minuciosa de exemplares destes fascículos que constitui o escopo da exposição A Três Vinténs – 100 Anos de Fascículos de Aventuras em Portugal, visitável na Biblioteca Nacional, até 14 de Setembro deste ano, e co-organizada pelo Clube Português de Banda Desenhada.

Deixe um comentário

Filed under outros media, referência, silly season