Cabeça de Moore

moore

Documentário da Arte sobre Alan Moore. Vale a pena para quem não saiba onde está neste planeta…

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under referência

Safou-se…

casa_capa_vf_altaRugas era “light” e O Inverno do Desenhador também não era muito melhor – um documentário que deixa muito a desejar dado o tema de cinco desenhadores de BD nos anos 50… Isto não tem impedido que se insista em publicar mais livros do espanhol Paco Roca em Portugal. Chegou à Bedeteca de Lisboa um livro que saiu, no ano passado, com o jornal Público intitulado A Casa, uma história de amor filial, uma emocionante homenagem de Paco Roca ao seu pai onde os sentimentos se misturam, dando lugar a uma ponte entre passado e presente.

A história, bem simples, mas contada com a mestria própria de um excelente narrador, conta-nos o regresso dos três irmãos à casa onde cresceram, mas que agora se encontra vazia devido à morte do pai. A casa tem de ser vendida e em conjunto devem esvaziá-la mas, à medida que começam a fazê-lo encontram objectos que lhes trazem à memória recordações, pequenas situações cómicas, momentos vividos em conjunto com o pai.

Estes títulos “extra” da Colecção Novela Gráfica pautaram-se entre o obrigatório Billie Holiday de Sampayo & Muñoz e o inócuo Chernobyl. Onde ficará A Casa? Fica na literatura “light” claro, que não haja dúvidas, no entanto, como representação realista de uma classe média ibérica é um documento interessante. Passa-se em Espanha mas é óbvio o paralelo com Portugal dos anos 80 aos dias de hoje. E Roca parece transmitir sentimentos mais pessoais e íntimos que nas obras anteriores. Menos mal… Obra seleccionada para a Bedeteca Ideal.

HOJE, sai mais um novo título do autor na Colecção Novela Gráfica 2017 (dividido em duas partes, prá semana há mais) mas quem é que vai arriscar? Dizem que é o “Maus espanhol”, o que é uma publicidade de tão bom gosto como a “Anne Frank do Ruanda”.

 

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd estrangeira

Quinta do Bongolê

bongole2

Chegou na Quinta-Feira das Novidades da Bedeteca de Lisboa os dois números de um fanzine do Brasil, o Bongolê Bongorô. Quem faz as mais de 90 páginas A5 é um tal de Melius que ultrapassa a escola Chiclete Com Banana com muita pinta mantendo sempre aquele humor sacana nas bd’s (com direito a poster!), um psicadelismo maconheiro, desenho livre, textos marados, tudo o que é necessário para um gajo ficar alegre num fim de dia xunga… Obrigadão, cara! O maior mistério ainda vai ficar na questão da lombada brochada (grande termo, hein?) que tem lá escrito Cartilha de Pesca Submarina nº36No segundo número participaram uma série de autores portugueses como Pepedelrey, João Cabaço e André Lemos.

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd estrangeira, bd portuguesa, zines

Tête-Bêche

84a595eb-152d-4580-bd9a-798ec8f20fda

De Canto vai a Paris

Deixe um comentário

Filed under acontecimentos internacionais, outros media

Porto Punk

LouiePunkWEB
Depois da Feira do Livro de Lisboa e Disgraça, e de uma rápida passagem pelo LAR, no Algarve, eis que chega a hora de lançar “oficialmente” o split-book Corta-E-Cola / Punk Comix no Porto – cidade onde este “movimento” teve resistências a surgir mas que nos dias de hoje poderá vir a ser a Capital do Punk, já que em Lisboa tudo é para turista ver…
Dia 16 de Setembro, na Louie Louie [Rua do Almada, 307] às 16h30 inaugura uma pequena exposição de artefactos Punk ligados à BD e Ilustração, contando com capas de discos (Cães Vadios, Subcaos, Corrosão Caótica…), originais de BD (Raridades) e publicações DIY como o Ezequiel, PxC fanzine, Ritmo, Buraco, Ganmse, Boring EuropaSangue Violeta… Objectos vindos quase todos directamente das colecções privadas dos autores do livro, Afonso Cortez e Marcos Farrajota, que estarão presentes para beber umas bejecas enquanto o GG Ramone toca!
Do que poderão ver chamamos já a atenção para duas peças exclusivas: um original raro de Nunsky da BD Inadaptados, publicada no zine Mesinha de Cabeceira #4 (Jan’94), e a nunca antes vista primeira versão da capa do LP Rock Radioactivo dos Mata-Ratos, desenhada por Nuno Saraiva e imediatamente reprovada pela EMI e pela banda por acharem que algumas personagens – João Peste, Jorge Bruto – poderiam estar demasiado reconhecíveis e criar problemas. O autor de seguida fez a mesma composição mas todos travestidos de ratos, versão essa também recusada por evidenciar um skinhead esmagado por uma bomba…

Deixe um comentário

Filed under acontecimentos, referência

Kuvittaja

21314568_1620071954694253_8577656546089963443_nA Bedeteca de Lisboa recebe trimestralmente a revista Kuvittaja da Associação Finlandesa de Ilustradores – a mesma que trouxe ao Palácio Galveias em 2008 a bela exposição Truth or Tales. Não percebemos pevas de “suomi” o que nos deixa chateados porque se há uma coisa que se percebe logo com esta publicação é que os finlandeses tem ilustradores com muita boa qualidade. Só pelas imagens vale a pena folhear a revista!

Para ilustradores que querem estar actualizados… visualmente!

PS – neste número aparece a autora de BD / Ilustradora Pauliina Mäkelä (a capa é dela) que por si só já justifica toda a edição.

1 Comentário

Filed under acervo da bedeteca, ilustração, press center, referência

Graite fanzaine!

graitestuff11Chegou à Bedeteca de Lisboa um exemplar de Graite Stuff #1 do Panda Gordo, mau!, que mania de chamar ao autor/ editor João Sobral de “Panda Gordo”…

No formato A5 como qualquer bom fanzine que se preze e todo ele produzido de forma caseira, este zine publica uma BD em que Sobral desenvolve uma galeria de personagens meio-losers e meio- empreendedoras (venha o Diabo e escolha) numa observação económico-social que este autor emigrado na Glásgua nos tem habituado. Haverá realmente continuação deste título?

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd portuguesa, zines