PEQUENO é bom!!

pequeno_bom_obidos_web

O mundo gira sempre de forma inesperada e quando o PEQUENO é bom! Encontros Sobre Edição Independente preparava-se para seguir um rumo – a vinda de autores internacionais para conversas com o público – eis que somos convidados para integrar a programação do FOLIO – Festival Literário Internacional de Óbidos, que decorre até 20 de Outubro.
Uma coisa não impede uma outra e vamos em frente com um encontro mais complexo e completo com a seguinte programação:
– Exposição É Só Vaidade! Colecção da Fundação Farrajota (dias 10 a 20 Outubro) @ Casa José Joaquim Santos
Os Fanzines poderão ser um artesanato urbano da Era da Informação, publicações amadoras em marginalidade bibliográfica, galerias nómadas e precárias, reacções à tirania da História. Desde os anos 30 que sofrem mutações e provocam dores de cabeças a todos que gostam de gavetas bibliográficas. Nesta exposição, da colecção particular de Marcos Farrajota, são mostradas uma série de publicações independentes deste universo, buscando mostrar a sua riqueza de temas e formatos, tudo graças à sua livre circulação.
– Conferências (dias 19 e 20 Outubro, respectivamante) @ Livraria Artes & Letras – Espaço Ó, às 15h: Casa de Papel – quando os zines invadem espaços físicos com Cecília Silveira (Sapata Press) e Xavier Almeida (Estrela Decadente); Tradição já não é… metamorfoses do fanzine com Hetamoé (Clube do Inferno), Tiago Baptista (Façam Fanzines Cuspam Martelos) e Rodolfo Mariano (Rock Bottom).
– Workshops por Patrícia Guimarães (dias 19 e 20 de Outubro)E se o Medo fosse uma personagem de BD? para maiores de 7 anos; Folio um outro formato de fanzinepara maiores de 12 anos.
– Mercado de Fanzines e Edição Independente (dias 19 e 20 Outubro, entre as 14h e as 18h) @ @ Livraria Artes & Letras – Espaço Ó com Chili Com Carne, Clube do Inferno, MMMNNNRRRG, Paperview, Patrícia Guimarães, Revista Decadente, Rodolfo Mariano, Sapata PressTiago Baptista.
Anúncios

1 Comentário

Filed under acontecimentos, mercado, zines

Ricardo Tércio (1976-2019)

1404369

Foi através do Público que soubemos do falecimento de Ricardo Tércio, autor de BD que começou a sua carreira em fanzines (Comic Cala-te, Mesinha de Cabeceira,…), tendo sido dos primeiros autores a integrar o estúdio The Lisbon Studio e também foi dos primeiros desenhadores portugueses neste milénio a conseguir entrar no mercado norte-americano dos “comic-books” – com as versões “contos de fada” da Marvel. Segundo o jornal, Tércio preparava-se para participar num projecto com o argumentista belga Stephen Desberg.

Deixe um comentário

Filed under obituário

Quinta da Política

Das Novidades da Bedeteca nesta Quinta-Feira destacamos dois livros de dois autores norte-americanos politizados. Bumf de Joe Sacco é um trabalho fora do normal daquilo que o autor é conhecido – ou seja, o jornalismo em banda desenhada. Na realidade é um regresso ao principio de carreira de Sacco quando este fazia BDs de sátira política ao estilo “underground comix”. É um livro negro e estranho, contrapondo com o negro mas realista GorazdeZona Protegida que foi finalmente publicado em Portugal, na colecção Novela Gráfica deste ano.

New Hat Stories : Banks Eubanks de Tom Hart que esteve no Salão de BD do Porto nos anos 90 (1997? a julgar pelo #4 da Quadrado / 2ª série!) é a poesia de um coração anarquista, hilariante e comovente com só Hart consegue fazer. Um mimo!

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd estrangeira

30

amadora2019

cartaz de Jorge Coelho

A BD Amadora regressa para semana, dia 24, cumprindo a data redonda de 30 edições, vivendo um momento de transição, com mudanças na direcção e no modelo de programação.

Este ano o festival apresenta algumas mudanças estruturais: será mais curto, não terá um tema central, as exposições concentram-se todas no Fórum Luís de Camões, deixou de ter as exposições dedicadas aos prémios, aos livros e autores premiados na edição anterior – sendo a esta programação “privatizada” às escolhas dos editores e os livreiros que estão presentes com ‘stand’. Para além da cenografia geral do espaço ter a assinatura da artista plástica portuguesa Joana Vasconcelos.

Deixe um comentário

Filed under acontecimentos, mercado

Tsuru! Tsuru! Tsuru!

Marcha

É uma das mais importantes colecções de BD alguma vez publicadas em Portugal. Chama-se Tsuru, criada pela Devir, para publicar autores japoneses clássicos e contemporâneos inovadores, reconhecidos pela sua contribuição para a arte da banda desenhada e também, para a cultura japonesa.

Lançaram um novo volume o ano passado, repetindo o autor Shigeru Mizuki (1922-2015) com este Marcha para a Morte (tit. orig. Souin Gyokusai seyo!) – o volume anterior era o Nonnonbatambém de sua autoria.

Dizem: é um relato semi-autobiográfico das semanas finais desesperadas de uma unidade de infantaria japonesa no final da Segunda Guerra Mundial, com base na experiência do autor. A narrativa poderosa e pungente traduz de forma compassiva as circunstâncias difíceis e caóticas, numa declaração de Mizuki contra a futilidade da guerra e a estupidez da mentalidade militar.

Mizuki sofreu na pele a Segunda Guerra Mundial, servindo a Exército Imperial em 1942, numa ilha do Pacífico onde contraiu malária, viu a morte dos seus camaradas de armas e perdeu o seu braço esquerdo com um bombardeamento aéreo. Terá o autor ressentimentos políticos por estes factos? Investigações na ‘net dizem que sim, dizem que o autor tornou-se pacifista…

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd estrangeira

Livro felino!

capa gato

Depois dos cães há é gatos! Saiu em Janeiro uma colectânea de BDs de críticas à música moderna portuguesa por Tiago da Bernarda através do seu avatar Gato Mariano.

Já chegou à Bedeteca de Lisboa um exemplar, yes!, de O Gato Mariano : Críticas Felinas (2014-2018)volume 13 da Colecção Mercantologia, dedicada à recuperação de material perdido no mundo dos fanzines e afins (…)  publicada pela Associação Chili Com Carne, o presente volume apresenta uma selecção de várias BDs da série O Gato Mariano publicado originalmente em várias plataformas em linha, desde 2014, com o nome Críticas Felinas (…), no sítio Rimas e Batidas, nos zines O Gato Mariano Não Fez Listas em 2015O Gato Mariano não fez listas e confrontou um fã que disse não perceber as suas reviews em 2016 e O Gato Mariano não fez listas em 2017 e nos dois números do fanzine Mariano (2016-17).

Dizem na Chili Com CarnePeludo, porte médio, língua afiada. É assim que Tiago da Bernarda descreve o seu alter-ego, mais conhecido como Gato Mariano, o crítico felino que vagueia os confins da Internet. É nesse lugar amorfo e amoral que, desde 2014, tem vindo a discutir sobre os mais recentes projectos da música alternativa portuguesa. O que começou como webcomic vira agora uma antologia que reúne as melhores tiras dos últimos quatro anos, num intenso volume de  144 páginas, muitas delas a cores (18x25cm) e uma super-capa com cortante de gato assanhado!

Samuel Úria diz isto (é de ficar de boca aberta! Músicos e escritores não deveriam comentar artes visuais!): O Gato Mariano é uma das grandes criações da década (estimativa conservadora) em Portugal. Possivelmente nunca lhe será feita devida justiça, até porque um dos encantos que tem é a “subterraneidade”, o traço e as reflexões como nos grandes mestres de apelo clandestino na BD do final do século passado. Não é um Kochalka português, nem um Tony Millionaire português, nem um Mike Diana português; é um Tiago da Bernarda português.

Nem boa música nem bom brouhaha mas de certeza um livro de alta fixeza, vamos confirmar!

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd portuguesa, e-comix, outros media

Pita’s minikuš!

_355x500_mariana_pita_day_tour

Chegou à Bedeteca de Lisboa um exemplar de Day Tour de Mariana Pita, autora de Lá fora com os fofinhos. É um volume da colecção mini kuš! em que se tem publicado um verdadeiro creme de la creme de artistas nacionais como Amanda Baeza, Daniel Lima, Cátia Serrão e Francisco Sousa Lobo. Viva a Letónia!

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd portuguesa