YoYoYo Breakdance na Bedeteca!

KAPAChegou à Bedeteca de Lisboa o livro Breakdance (em homenagem à xungaria que dança em frente à Brasileira?) de André Ruivo, compilação de desenhos seus, sob a chancela da MMMNNNRRRG

A parceria com esta editora de “só para gente bruta” parece óbvia, os desenhos de Ruivo exploram um grafismo descomprometido e espontâneo que só se encontra no mundo da Art BrutNeste grosso volume aparecem dezenas de desenhos que tropeçam na flânerie de Ruivo pelas ruas de Londres com o gozo estético Ruivo pelo Yellow Submarine e o gosto pelos gestos mundanos à Tati. Daí que no livro de folhas de cadernos pautados e quadriculados cabem todas extravagâncias e absurdos, de homens-canídeos-vestidos-vai-chover, burkas-para-fumadores, swingers-pouco-convictos, gente-desconfiada-armada-em-mimos, enfim uma multidão de personagens anónimas que ninguém quererá abordá-las – nunca! Parece ser um livro “fixe” mas não é! A MMMNNNRRRG só edita má onda…

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, ilustração

PSPY 2016

pspy2016

Chegou à Bedeteca de Lisboa um exemplar do quarto anuário de edição independente portuguesa, ou se preferirem o Portuguese Small Press Yearbook 2016. O tema desta edição é uma intersecção entre os fotolivros e os livros para infância por causa da última edição do evento O que o livro pode, havendo no entanto espaço para o Relatório sobre edição independente de BD relativo a 2015 de Marcos Farrajota que continua a recusar em publicá-lo em linha!

É óbvio o aumento do número de título de publicações independentes nas várias áreas (poesia, fotografia, BD, desenho, arte,…) e o PSPY é o testemunho físico deste movimento a começar pelos seus registos bibliográficos ou os editoriais de Catarina Cardoso. É uma ferramenta essencial de estudo “disto que se está a passar”…

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, referência

Micharmut (1953-2016)

1358007015_558164_1358007163_noticia_normal

Soubemos pelo blogue de Domingos Isabelinho o falecimento de Micharmut, autor valenciano das vanguardas da BD espanhola dos anos 80. Na Bedeteca de Lisboa pode-se encontrar o seu trabalho nas revistas Medios RevueltosLanza en astillero.

Deixe um comentário

Filed under obituário

ZineFestPt

cartaz_zinefestpt_cp

O ZineFestPt é um festival de fanzines pensado em português mas com uma visão internacional, que acontecerá entre os dias 1 a 3 de Dezembro e terá como sede do evento o Centro Comercial de Cedofeita, no Porto.

Irão realizar-se várias actividades como uma exposição de fanzines, uma feira de micro-edições e edições independentes, apresentações temáticas, lançamentos de publicações, conversas,  festas, música, workshops e tudo o mais.

Deixe um comentário

Filed under acontecimentos, zines

Outono mórbido

WD14_capa_web

A editora Devir lançou no meio dos incêndios de Verão o 14º volume da série The Walking Dead (imagem), verdadeira telenovela cheia de Zombies betos e sucesso mediático. Na Bedeteca de Lisboa estão lá nove volumes da série, com algumas falhas mas serve perfeitamente para uma leitura de Outono… mórbido!

Obra seleccionada para a Bedeteca Ideal.

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd estrangeira

Postas de Pescada

14713576_1078597405591896_8096219388081377712_n

Ilustradora e autora de BD, Ana Biscaia é co-editora do jornal Postas de Pescada, uma publicação que tem conteúdos tão “random” como a vida no século XXI. Chegou à Bedeteca de Lisboa o número oito que conta com ilustrações de Engrácia Cardoso, João Carola, Mulher Bala, Tóssan, Catarina Sobral, José Manuel Saraiva a coreana Simji Park entre outros…. Falta BD neste jornal mas neste número já há uma entrevista a franco-libanesa Zeina Abirached, que tem mais paleio do que talento…

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, ilustração, press center

DADAš!

_500x375_dada_cover_600

Eis que chegou à Bedeteca de Lisboa o novo número da antologia š! da Letónia com o tema “Dada” ou melhor a celebração dos 100 anos deste (não-)movimento (anti)vanguarda de (contra)Arte… Entre vários colaboradores de todo o planeta encontramos os portugueses Cátia Serrão e Daniel Lima, o que pode não provocar espanto dada (DADA?) a tradição de encontrarmos autores nacionais nesta publicação – aliás Serrão e Lima tinham participado no número “português” do Desassossego

Dos outros autores destacamos Dunja Janković (Croácia), José Ja Ja Ja (Espanha), Marc Bell (Canadá), Olaf Ladousse (Espanha)… De resto, há muitos outros números desta antologia na Bedeteca, talvez porque os editores desta “revista báltica” ao terem passado por Portugal (mais concretamente pelo Festival de BD de Beja 2014) tenham deixado exemplares da publicação na Bedeteca. Os leitores agradecem!

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd estrangeira, bd portuguesa, zines