Category Archives: silly season

A leitura dominical

juizdreddapresenta_aleidecanon_coverbg

Lá para trás, entre 2014 e 2016, houve distribuição da revista britânica 2000 AD / Judge Dredd nas bancas portuguesas, e até d’A Lei de Canon, um número especial com histórias da série Canon Fodder (LOL!) criada em 1993 nas páginas da 2000 AD inglesa, com argumento de Mark Millar e desenho de Chris Weston.

A primeira história foi popular entre os leitores mas Millar mudou o seu foco de atenção para a indústria norte-americana de “comics” e coube a Kek-W o argumento da segunda BD publicada em 1995. Devido a uma disputa de direitos autorais sobre a personagem entre Millar e a editora, esta segunda incursão foi o ponto final da série, verdadeira macacada trash divertida para quem amanhã irá à missa da manhã e precisa de “descarregar”. Basta ler a sinopse para perceber isso:  O Dia do Juízo Final chegou e Deus não apareceu. Os mortos ressuscitaram na Terra e o crime atingiu limites estratosféricos. Para enfrentar o desarranjo, a Igreja e a polícia se juntam e criam uma força implacável: a Patrulha Paroquial, liderada por Canon Law! Num cenário tão conturbado, os criminosos se tornam apenas pecadores a serem sumariamente eliminados. E é então que, em meio ao caos, Sherlock Holmes, Sigmund Freud, Albert Einstein, Júlio Verne e muitas outras mentes brilhantes se reúnem na tentativa de descobrir o que realmente aconteceu com o Criador.

Amanhã vai ser um bom Domingo porque este “especial” apareceu na Bedeteca de Lisboa, podendo ser requisitado para ser lido em casa num sofá herege!

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under bd estrangeira, mercado, press center, silly season

Qual a diferença entre um bófia e um cão?

4d887438662c4e7bb19b5a122d1414a9Nenhuma!

Ambos são sujos, obedientes e guardam a propriedade de outros. Esta BD mostra isso muito bem quando um polícia e um cão tornam-se num só corpo. Chegou à Bedeteca de Lisboa a nova série de BD infantil de Dav Pilkey (o criador do Capitão Cuecas!): o Homem-Cãoherói que é metade cão, metade homem, que tem um grande faro para o crime! Livro bem fixe para putos sub-10 anos, além de ser divertido é lúdico e afasta a criançada do Capitalismo Disney. Chegou inclusive o segundo volume, ena!

Infelizmente, esta série faz parte da “Cultura do Bófia” que Hakim Bey nos avisou dos seus malefícios – ignorado pelo palhaço do Nuno Markl. E pior ainda, os gatos nesta BD são os vilões! Buuu!

A Bedeteca Ideal fica-se pelo Bonk & Cronk, do mesmo autor e onde ele usa as mesmas manhas narrativas e gráficas. E faz a Bedeteca Ideal muito bem!

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd estrangeira, miúdos, silly season

É o livro de BD humorística mais deprimente de sempre, evite-o para não estragar o resto das férias!

Capa-Conversas-com-os-Putos

Conversas com os putos de Álvaro é uma compilação de supostos diálogos entre um explicador de geometria descritiva e os seus alunos, que traça um retrato ao mesmo tempo divertido e assustador da falta de cultura e desinteresse de muitos alunos. Retrato da nossa época que, felizmente, não cai muito num discurso reaccionário – só é lamentável que o autor ache que não saber que o Astérix saiu primeiro em livros antes do cinema seja uma calamidade cultural… Álvaro merece os prémios de humor que ganha, não é previsível como a envelhecida dupla Geral & Derradé. Sabe escrever diálogos dinâmicos e naturais e merecia ter um tira diária num jornal invés de dar explicações a estes putos ranhosos!

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd portuguesa, silly season

Superduperman

jupiters-legacy-cover-PT.jpg

Não sabemos porque ainda há super-heróis depois de Miracleman e Watchmen mas há ainda quem tente fazer séries de BD pós-Moore e que falham redondamente. Algumas conseguem ser divertidas como é o caso deste O Legado de Júpiter de Mark Millar (a) e Frank Quitely (d), cujo primeiro volume chegou à Bedeteca de Lisboa.

Neste caso, esta série conta sobre super-heróis de segunda geração: o que acontece num mundo em que existem super-poderes, quando a primeira geração de super-heróis, os idealistas, os que lutaram pela democracia, pela sua nação, os que acreditaram que com grandes poderes vem grande responsabilidade, cede o lugar aos descendentes, os cínicos, mimados e privilegiados, que se habituaram a ter tudo?

Vamos a la playa!!!

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd estrangeira, silly season

Cruzescredo!

The_Red_Iceberg_(1960)

Os comunas podem ter culpa de muita coisa (a última foi esta)  mas também não merecem um “comic-book” tão reles como The Red Iceberg, pura propaganda anti-comunista de autor desconhecido, publicada em 1960 por uma associação cristã norte-americana.

Chegou à Bedeteca de Lisboa um exemplar fac-símile, uma “mini-replica”, pela Pinko Joe, ou seja, Christopher Sperandio que andou por Cascais e Lisboa no mês de Julho. O comentário da edição, resume tudo: Can you believe this shit?!

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd estrangeira, silly season

Amor de Verão

Couv_36372

A Bedeteca de Lisboa é uma caixinha de surpresas e eis que encontramos uma bela de uma raridade: Poignées D’ Amour de Willem, uma antologia de BDs escatológicas e anti-burguesas que são perfeitas para estes dias estendidos na piscina municipal. E claro, melhor isto que gastar dinheiro nas chachadas da Novela Gráfica, sempre acumula para jantar fora…

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd estrangeira, silly season

Estrelas de Lata

b9dee0f926da420b98f8bc71c592b5efEis uma série de ficção científica fixe para os putos se entreterem nas férias: Descender de Jeff Lemire (a) e Dustin Nguyen (d).

Diz a sinopse: Dez anos depois de uma súbita invasão de robots do tamanho de planetas, os Colectores, ter devastado a galáxia, um jovem andróide chamado Tim-21 acorda para descobrir que todos os robots foram proibidos e colocados fora-da-lei. Mas Tim talvez esconda os segredos dos Colectores no seu ADN mecânico, o que o torna o alvo mais procurado de todo o Universo.

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd estrangeira, miúdos, silly season