Category Archives: silly season

Gisele contra o oligopólio

porto.png

Segundo o Público a tempestade “Gisele” destruiu o telhado da gráfica da Porto Editora. Podíamos comentar muito sobre esta notícia: sobre a arquitectura portuguesa, sobre a construção civil nacional, a injustiça que seja o proletariado a ser ferido pelos danos invés dos quadros administrativos ou do Rui Zink (por exemplo!) que publica nesta editora, enfim, tanta coisa… mas ficamos assim: sem comentários!

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under mercado, silly season

Sugestão de presente de Natalixo (2)

thumbnail_Calcetines Cha-Chá

Peúgas “Rubber Mask” e “Eurosushi”

Queremos isto! Geralmente no “natalixo” oferecem-se peúgas porque não se sabe o que dar a alguém conhecido. Mas agora esse paradigma poderá mudar para sempre graças a estas peúgas da The Original Cha-Chá (loja de “merch” situada em Madrid) desenhadas por Miguel Angel Martin!

Não percebemos porque homens de barba rija gastam centenas, senão milhares, de Euros em bonecos de plástico, estatuetas e outros brinquedos. Ou pior ainda, em vestidos para encarnarem personagem de BD em encontros públicos. Vejamos lá bem, peúgas são úteis! Aquecem os pés, evitam constipações e deformações físicas nos membros inferiores. Vestir de “Stormtrooper” além de ser infantil, promove militarismo e o fascismo. Este Natal ofereça peúgas, sff.

Deixe um comentário

Filed under mercado, silly season

«Um mero supermercado onde os consumidores vão procurar o produto mais barato possível»

A-Biblioteca-a-Noite

Quem o diz é Will Eisner questionado sobre a utilidade da Web enquanto ferramenta criativa. Esta é a única referência de alguma forma ligada à BD no belíssimo livro A Biblioteca à Noite de Alberto Manguel.

Eis a distopia pensada em Reinventing Comics e na altura bastante criticada e prevendo estas palavras de Eisner. E damos por fechada a “silly season” deste ano!

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, e-comix, outros media, silly season

Quinta do Western Spaghetti

402b71eb138d408f84528ce839ca8e36

Caramba, é “silly season” e a Bedeteca de Lisboa adivinhou a leitura perfeita para esta época. Veio nas Novidades de Quinta-Feira, ou seja, quando chega material novo à Bedeteca. Cuttlas : El Pistolero Molecular de Calpurnio é que é um western à séria, não é como aquelas mariquices do Tex. Aqui sim há gajos maus como as cobras, homens de barba rija, índios à fartazana para serem massacrados, donzelas virgens e… Kraftwerk!

Série criada em 1983 percorreu toda a nata de publicações espanholas, de revistas de BD como a Makoki ou El Víbora como jornais e revistas. Em Portugal só o conhecemos porque vinha na mítica revista brasileira de BD Animal. Com tanta espanholada chata que se edita por aí quando é que publicam esta belezinha?

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd estrangeira, silly season

Caso De Direito Galáctico

1485797125_MS1DPfvi5yJVATijNF3

A E-Primatur está a fazer um excelente trabalho de recolha da obra de Mário-Henrique Leiria mas… no caso das Banda Desenhadas escritas pelo autor e desenhadas por Isabel Lobinho é que se portam mal porque na ficha técnica declaram que caso haja herdeiros do autor estes podem reclamar direitos de autor sobre a reedição da sua obra mas nada é dito sobre as páginas em parceria com a Lobinho, sinal óbvio da eterna falta de respeito pela BD ou no que respeita a tudo que seja matéria de desenho em geral. Portugal é um país de poetas dizem. Que seja mas serão sempre poetas ceguinhos! Ainda assim, a reprodução de Mário e Isabel está muito boa mesmo quando reduzida num formato mais pequeno que o álbum original.

Sobre o livro este é o primeiro de 3 volumes que reunirão a obra completa do génio do surrealismo português. Este volume recolhe a ficção completa de Mário-Henrique Leiria, incluindo diversos textos inéditos e outros nunca antes compilados em livro. Coligem-se os volumes míticos: Contos do Gin-Tonic e Novos Contos do Gin juntamente com outros contos dispersos e inéditos, uma novela, teatro, guiões e uma banda desenhada.

A edição foi preparada pela Professora Tania Martuscelli (Universidade do Colorado/ Boulder), a maior especialista na obra de Mário-Henrique Leiria, que recolheu todos os textos constantes do espólio do autor e em vários outros materiais dispersos.

Deixe um comentário

Filed under bd portuguesa, silly season

Quinta de Cancún

AF_NOVELAS_GRAFICAS_2016_15

Nesta Quinta-Feira das Novidades na Bedeteca de Lisboa eis que chega Os Exércitos do Conquistadorde Jean-Pierre Dionnet (a) e Jean-Claude Gal (d), álbum de BD lançado o ano passado na colecção da Novela Gráfica, chegou agora à Bedeteca e vamos ler agora porque parece-nos um livro perfeito para ler na piscina (já que a edição francesa só pode ser consultado). Do tipo, desenhos espectaculares e conteúdo nulo para quem quer torrar com o sol.

Deixamos a divertida sinopse: uma obra que subverte as regras das histórias de Sword and Sorcery, introduzindo um toque existencialista tipicamente francês [LOL]. Naqueles tempos, os exércitos do Conquistador puseram-se em marcha para conquistar o mundo… Não se sabia quem eram, nem de onde vinham. Só se sabia que, um dia acabariam por chegar. Às vezes paravam o seu avanço, outras vezes até retrocediam, mas acabavam sempre por voltar [pois, é o que acontece quando se retrocede!]… E os derrotados passavam a engrossar as suas fileiras. [oh lá lá]

Amanhã saí mais um “no brainer” na colecção da Novela Gráfica deste ano… havemos de o ler na Bedeteca nas férias de 2018!

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd estrangeira, silly season

Valérian

Press-Release_Valerian

O jornal Público e a Asa / Leya a partir de HOJE começam a colecção Valérian e Laureline da autoria de Pierre Christin (a) e Jean-Claude Mézières (d), composta por 12 volumes (11 dos quais são álbuns duplos), que incluem todos os 23 álbuns até agora publicados destes intrépidos agentes espaço-temporais ao serviço de Galaxity, capital do Império Galáctico Terrestre no séc. XXVIII.

Esta série é também uma obra-prima da ficção científica, tendo influenciado todas as criações posteriores nesse domínio, na literatura e não só.

No âmbito da produção cinematográfica, serviu de inspiração a vários realizadores, entre os quais George Lucas e Luc Besson. Este último, admirador confesso da série e dos seus autores, assina a longa-metragem Valérian e a Cidade dos Mil Planetas, com estreia nas salas portuguesas AMANHÃ.

Deixe um comentário

Filed under bd estrangeira, silly season