Monthly Archives: Maio 2020

Ao atravessares um pântano, fá-lo sempre com rapidez

Há espaço para tudo, patinhos, super-cuecas e “artsy-farsty” agora em dois anos haver duas adaptações para BD de A Arte da Guerra de Sun Tzu é que já é muito estranho. Em 2018 foi a versão do chinês C.C. Tsai pela Presença (adaptação sofrível, curiosa pelo grafismo pouco habitual aos nossos olhos ocidentais) e agora vai aparecer uma pelo inglês Pete Katz pela Edições Vogais do grupo 20|20 (imagem) que parece ser tão aborrecida como a primeira. Estado de calamidade ou apenas falta de imaginação? A julgar pelo Estaline da Gradiva é calamidade mesmo…

Deixe um comentário

Filed under bd estrangeira, mercado

Torpor

Ilustração de Gonçalo Duarte

Ao contrário do Bestiário que é extremamente físico, eis uma nova revista cultural Torpor toda virtual, editada pela Abysmo. E o que isto interessa aqui? Muito: BD, desenho, ilustração, cartoon, cinema de animação nas mãos de artistas tão diversos como André Carrilho, André Ruivo, António Jorge Gonçalves, Carlos Guerreiro, Cristina Sampaio, David Soares, Edgar Pêra, Francisco Vidal, João Fazenda, Luís Afonso, Luís Manuel Gaspar, Mantraste, Mimi Tavares, Pedro Proença, Pierre Pratt, Rui Vitorino Santos, Tiago Albuquerque, Tiago Manuel entre outros…

Deixe um comentário

Filed under cartoon, cinema de animação, e-comix, ilustração, obituário, outros media

O Futuro pós-covid

Está tudo aqui:

a2a31443e00f4ed6b28ba35b75252a53

Um livro a requisitar agora que a Bedeteca de Lisboa reabriu para devoluções e empréstimos… Sim, já podemos saber o futuro fascista que nos reserva.

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd estrangeira, obituário

Super-guilty-pleasure

Umbrella03-capaPara quem lhe apetecer ler BDs de Super-heróis just for fun mas que já não percebe patavina dos universos Marvel e DC e não pretende apoiar de nenhuma forma estas duas empresas mega-xungas, a Devir parece que lhe arranjou a solução com a série Umbrella AcademyEditada originalmente pela Dark Horse, a série é escrita por Gerard Way (o vocalista da banda mais xoninhas de sempre, os My Chemical Romance, iiiirck!) e é desenhada pelo brasileiro Gabriel Bá – autor que já esteve presente numa edição do Festival de Beja. O terceiro volume vêm aí com o Covid-19 ao lado, Hotel Oblivion.

Eis um “mash-up” de sinopses: Durante um acontecimento inexplicável, quarenta e três crianças foram geradas espontaneamente por mulheres que não apresentavam sinais de gravidez. Sete dessas crianças foram adoptadas por Sir Reginald Hargreeves e formaram a Umbrella Academy, uma família disfuncional de super-heróis com poderes bizarros (…) A braços com um número crescente de superpoderosos lunáticos que anseiam combater a sua prodigiosa prole, Sir Reginald Hargreeves engendra a solução definitiva… Mas o passado regressa para assombrá-lo… Gulp!

Obra seleccionada para Bedeteca Ideal.

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd estrangeira

Adivinha quem voltou?

Ted Jouflas Unusual1

Faleceu o Sala mas o outro grande “american comix weirdo” Ted Jouflas voltou à BD! Está a pré-publicar no blogue I Am An Unusual Thing. A melhor notícia deste ano!

Deixe um comentário

Filed under bd estrangeira, e-comix

Barata?

LUÍS_ANÇÃ_2013-10-14_Livraria Barata, Av. Roma, Lisboa

Apanhamos este texto num blogue sobre a situação da livraria lisboeta Barata: A livraria Barata está em risco de fechar. A situação parece ser mesmo dramática e este mês vai ser determinante para saberem se podem manter as portas abertas. Se puderem ajudar, pensem em livros que queiram e deem lá um salto. E passem a palavra. É das poucas livrarias de Lisboa assim. É um espaço especial, com exposições, café, as pessoas podem sentar-se e ler o que querem. (…)

Foi fundada em 1957 por António Barata, que ao tempo do salazarento detido vária vezes pela PIDE por vender livros proibidos pelo regime fascista e por orientar a livraria como espaço de divulgação cultural e liberdade de pensamento.

A loja, desta livraria viu a sua espacialidade alterada na década 1980, publicou durante muitos anos o boletim cultural Barata e teve uma galeria de arte. Continua a promover eventos culturais como apresentações de livros e tertúlias. (…)

Mas não percebemos, a Barata é uma livraria independente ou faz parte do grande grupo económico Leya? Se faz parte então porque está a ser destruída? We don’t know…

Deixe um comentário

Filed under mercado, obituário

Snob again

95920156_1878925792237465_2290556383088607232_n

Nem tudo é mau nestes tempos estranhos, a Snob vai-se instalar num novo lugar. Este Sábado (re)abre. Para quem não sabe: Livraria e editora independente. Originária de Guimarães, mas agora com o centro de operações em Lisboa.

Deixe um comentário

Filed under mercado