Category Archives: mercado

RAIA – Tráfico de edições e afins

FEIRA LAICA - edição independente

Caros editores, estão convidados para participar na Raia.

Raia
Tráfico de edições e afins.
Anjos 70 (antigo Regueirão dos Anjos)
21 e 22 de Outubro — das 14 às 24 (Sábado); das 14 às 20 (domingo)

Estamos na fronteira mas não há linhas no chão.

Em Lisboa, durante o fim de semana de 21 e 22 de Outubro, a Raia será o lugar para apresentar e vender edições, discos e artes gráficas. Paralelamente, haverá programação com lançamentos, leituras, exposições, música e projecção de filmes.

A Raia será dos pequenos editores e dos artistas gráficos.

A Raia não tem apoios institucionais. A receita do aluguer das bancas será utilizada exclusivamente para as despesas decorrentes da organização. O espaço de uma banca pequena (de 1,5 m2, aproximadamente) custará 7 euros; o espaço de uma banca grande (de 3 metros aproximadamente) custará 14 euros. O aluguer do tampo e dos cavaletes de uma…

View original post mais 260 palavras

Deixe um comentário

Filed under mercado

Necromancia no Milhões

necro7

Mais uma vez a Chili Com Carne organiza um mercado de edição independente no Milhões de Festa, o festival de Rock de Verão mais “cool” do/a _________ (preencher, sff) nos dias 20 e 23 de Julho. Desta vez vai acompanhada pelo Gato Mariano, Lovers & Lollypops, MMMNNNRRRG, Signal Rex (editora de Metal), os artistas Rui Moura (ilustrador do cartaz) e Xavier Almeida – criador de zines de BD dedicados ao evento.

Ah! Este ano o festival oferece um fanzine de BD sobre o evento com trabalhos inéditos de Ana Caspão, Joaquim Almeida, João Silvestre, Xavier Almeida, Marcos Farrajota, Tiago da Bernarda, Gonçalo Duarte, Rui Moura, André Pereira, Rudolfo e Ricardo Martins.

Deixe um comentário

Filed under mercado, zines

Novela Gráfica 2017

novelas_graficas_2017_posterMais uma Colecção Novela Gráfica em que os moldes de selecção primam pela esquizofrenia total. Batman e Dylan Dog? Das duas uma, ou os editores são “bedófilos” e insistem em alienar a construção de um público maturo ou então é uma estratégia subversiva de trazer os tótós a lerem coisas mais sérias… Era preciso mesmo reeditar o Traço de Giz de Miguelanxo Prado? E o islamofóbico do Frank Miller? Será que os novos Paco Roca serão melhores do que já saiu até hoje? Começamos a duvidar muito… E o André Diniz voltará em forma como foi Morro da Favela? Coisa que não vimos noutros livros editados… Ó não, vamos ter o Books of Magic! So boooooring! Quem lê esta colecção acredita no Pai Natal, certo?

As boas novas passam pelas estreias em Portugal de Bastien VivèsAsaf Hanuka, a publicação finalmente de livros a solo de Max (FINALMENTE! FINALMENTE!) e Bartolomé Seguí com Gabi Beltrán, e o regresso à edição nacional de Etienne Davodeau… O Max foi o autor que veio sabemos lá quantas vezes a todos os festivais de BD portugueses sem nunca ter sido editado – a não ser em vários números da revista Quadrado, a saber #1 e 2 (2ª série, 1995) e 1-3 e 5 (3ª série pela Bedeteca de Lisboa, 2000-03), uns livros para a infância e uma serigrafia para o atelier Mike Goes West. Saber que vai ser editado em português é a melhor notícia do ano!

Ainda para estragar a festa, não há um romance gráfico de um autor português mais uma vez nesta colecção. Se calhar até é melhor assim, ainda republicavam o Jim del Monaco ou o Pizza-sei-lá-o-quê…

Começa HOJE com o jornal Público… Se a ordem de lançamentos for a que está no anúncio, só começamos a comprar livros daqui umas duas semanas, temos pena.

Deixe um comentário

Filed under bd estrangeira, mercado

Recuerdos de 22 de Abril

Foi uma grande e Singular festaRemember 22 Abril 2017!

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, acontecimentos, bd estrangeira, bd portuguesa, ilustração, mercado, miúdos, outros media, referência, zines

Feira da Alegria 2

18620454_1699413500098973_3587360065349961187_n

+ info aqui

Deixe um comentário

Filed under mercado, zines

FAKE NEWS

18767919_1860578954183259_6425040040519193275_n

Escrevíamos nós na Quinta-Feira passada que havia mais BD – ou pelo menos com mais destaque – na Feira do Livro de Lisboa. Tretas! A BD, no duplo pavilhão da Devir, perde-se no meio de jogos e bonecada! Noutros anos havia só BD num simples pavilhão, além das edições da Devir havia uma série de importações que incluíam livros da Fantagraphics (que eram a nossa perdição) e muita mais oferta.

2017-05-31 21.46.01

E a Chili Com Carne? Um tabuleiro apenas! (ao menos o “tabuleiro” não é de jogo!) É isto que eles chamam ter mais destaque? Com estes dois assim nem fomos ainda ver o stand da Europress com medo de ficarmos ainda mais tristes!

luislouro-768x576

Mentira também que a Chili Com Carne é a única editora a lançar novidades durante a Feira do Livro. Infelizmente a Leya lançou este Sábado mais um álbum de Jim Del Monaco, uma série anacrónica dos anos 80/90 e recuperada em 2015. Mais assustador do que esta fotografia do desenhador Luís Louro é o apoio da comunidade “bedófila” que mesmo quando se olha para o espelho, ainda assim recusa-se a ver o racismo e machismo idiota da série sendo que em 2015, os Festivais de BD de Beja e da Amadora chegaram a ter exposições de promoção da série e a Mundo Fantasma recebeu uma sessão de autógrafos nas suas instalações. Até há quem justifique este monte de merda com pseudo-intelectualismo: Algo comum ao desenrolar desta comédia de aventura é a ausência de um eventual politicamente correto. O retrato do africano Tião permanece o estereótipo por demais conhecido, acompanhado pela evocação do restaurador Olex e da Lili Caneças, a sátira à inteligência das louras ou o maniqueísmo alimentado pela presença dos cientistas nazis… Para quem não sabe, nesta série, os africanos negros em Jim Del Monaco são retratados como tarados sexuais, burros e preguiçosos e as mulheres “louras” como estúpidas a todos os níveis e completamente fúteis. É verdade que a série pretende parodiar estes mesmos estereótipos do passado da cultura Pop (sobretudo de filmes das décadas de 30 e 40) mas invés de os perverter acaba sempre por os reforçar ainda mais. Fica bem ao lado do Trump… Puro covfefe!!!

Deixe um comentário

Filed under mercado

Festa da Diversidade?

18685746_1687091547991470_614636017_n

Não, é apenas o cartaz menos representativo de uma feira de edição independente… Eis que amanhã há a Dona Edite 0.4 no Montijo, claro!

Deixe um comentário

Filed under acontecimentos, mercado, zines