Category Archives: zines

Homenagem a Artur Correia

img_818x455$2018_03_02_10_10_37_714628

Amanhã, haverá em Moura uma sessão de homenagem a Artur Correia recentemente falecidoJá fazendo parte dessa homenagem, foi inaugurada a 15 de Abril uma exposição com pranchas originais e reproduções de obras de BD na edição do corrente ano de 2018 da Feira do Livro de Moura. Nessa exposição estão incluídas imagens inéditas de adaptações à banda desenhada dos poemas populares Donzela Que Vai à Guerra e A Nau Catrineta, que acabam de ser publicadas no nº10 do fanzine Cadernos Moura BD com distribuição marcada para o dia da homenagem, Sábado, pelas 16h30.

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under bd portuguesa, cinema de animação, obituário, zines

Kobe

Bertoyas está este fim-de-semana na RAIA 2 e é incrível: desde 2012 que há exemplares do seu zine Kobe na Bedeteca de Lisboa!

Este autor francês já fez livros pela L’Association e pelo Le Dernier Cri, o que não lhe impede de manter uma actividade DIY tão cheia de energia que passa pela estética iconoclasta “underground” e o sem-sentido degenerativo que nos faz perder em mil referências culturais em desnorte narrativo. É mais para ver do que ler dirão, não digo o contrário, embora seja divertido de se ler e de se ver.

J.M. Bertoyas nascido em 1969 numa região de florestas e ruínas radioactivas. Podemos dizer, com algum excesso discursivo, que o autor descobriu, para barrar o horror deste mundo, uma forma simples e económica para se exprimir (ou fugir, se preferirem): a banda desenhada. Sendo a sua obra caótica, agradável e muito esfumaçada. Cof cof Publicou em vários editores independentes de referência como L’Association, Les Requins Marteaux e Le Dernier Cri, para além do seu fanzine Kobe que já perdemos a conta da numeração. Actualmente trabalha com as edições Adverse e Arbitraire e tem cara de quem curte Mudhoney.

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd estrangeira, zines

RAIA este fim-de-semana

28423163_151777985635791_7973100671559345777_o

Programa AQUI

Deixe um comentário

Filed under acontecimentos, mercado, zines

Mais sete histórias

sevenstories21

Já saiu o segundo número do fanzine Seven Stories pelo Panda Gordo.  Desta vez com as colaborações de Bruno Borges, Émilie Gleason, Giada Ganassin, Lasse Wandschneider, Marie Weber, Mike S Redmond & Faye Coral Johnson e Nick Norman. E ainda Elliot Snowman que ilustrou a capa.

Estando o Panda sediado nas “inglaterras” quem quiser arranjar as suas edições o melhor é esperar pela RAIA, onde elas estarão lá representadas.

Deixe um comentário

Filed under bd estrangeira, bd portuguesa, zines

Problemas de sono

O número três do fanzine de música Noise Troubled Sleep chegou à Bedeteca de Lisboa. Como alguém escreveu anteriormente: são 112 páginas impressas em offset cheias de entrevistas a depravados caucasianos, alguns deles conhecidos nossos como o destruidor GX Juppiter-Larsen / The Haters ou o infame Mike Diana – que relembra o Furacão Mitra e de que o seu editor português Marcos Farrajota ficou, nessa altura, com inveja de ele ter visto as melhores bandas do mundo nos anos 90… É mesmo doido! De doidos é saber que há uma grande relação entre o Black Metal português e o da Tasmânia – meu, de repente tudo vêm de lá? Há também entrevistas a editores de zines (Down & Out) e mais um artista visual (Kiddiepunk), sempre sob um fundo de colagens típico de cultura fanzine. Só isso dá uma atmosfera à leitura da publicação. Viva a poluição visual! Vamos todos morrer!

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, referência, zines

Acção é no Porto!

29572582_1772804249429442_1798455108538317416_n

Lançamento da Smegma ComiXXX na Mundo Fantasma com apoio da Prego e nessa semana:

cartaz-oficina-desenho-741x1024.jpg

+ info aqui

 

Deixe um comentário

Filed under acontecimentos, bd estrangeira, formação, zines

Olha, “nutcases”

Francisco Sousa Lobo Master SongDepois de Amanda Baeza, Daniel Lima, Cátia Serrão, eis Francisco Sousa Lobo na colecção mini kuš! com Master Song, livro que chegou entretanto à Bedeteca de Lisboa e que é descrito desta forma: M is for Emily, and Emily is a London nanny who never recovered from reading Fifty Shades of Grey. She’s antisemitic, but looks after Jewish children. M is only half crazy. This is her song. Esta ideia de uma canção virá desta experiência?

Também já chegou o novo número (especial “Visitors”) da antologia š! (onde já passaram tantos autores portugueses que até perdemos a conta) com a participação de João Sobral ao lado de gente como Aisha Franz (Alemanha), Emelie Östergren (Suécia), Inés Estrada (México), Léo Quievreux (França), Matti Hagelberg (Finlândia), Powerpaola (Equador)…

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd portuguesa, zines