Monthly Archives: Novembro 2018

Quinta do Cartoon IV

1119216

Nesta Quinta-Feira das Novidades na Bedeteca de Lisboa chegaram catálogos do Xira Cartoon deste ano (incluindo o de Oscar Grillo, autor homenageado) e da 19ª edição do Porto Cartoon, que teve como tema o turismo.

O cartoonista belga Luc Vernimmen (imagem) foi o vencedor do Porto Cartoon com a obra satírica Sustainable Tourism que denuncia “a atracção das pessoas pela morbidez”, explica Luiz Humberto Marques, membro do júri e director do Museu Nacional da Imprensa, que todos os anos organiza o festival. O desenho mostra em primeiro plano um autocarro vermelho onde se lê “Syria City Tour” e que transporta um grupo de turistas. As pessoas, algumas dentro e outras fora do autocarro, fotografam o “drama da destruição” que a guerra provocou no país.

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, cartoon

Se deixares o teu corpo falar, em p*tinha te irás tornar! (Vacarela)

Liv01990108_f

A Presença lançou Idiotizadas – O Fim dos Contos de Fadas da espanhola Moderna de Pueblo (a moderna da aldeia?). Dizem que ela cresceu a ouvir frases como «Isso não é próprio de uma senhora», «Aquela é uma p*ta» ou «O dia do teu casamento será o mais feliz da tua vida». Mas depois de se mudar para a cidade e de conhecer três raparigas descomplexadas, ela vai perceber que tudo isso não passa de idiotices, e começa a desaprender o que nunca lhe deviam ter ensinado.

Esta história não é um conto de fadas, é um conto de “empoderadas“. Bestseller em Espanha, com um humor sem fronteiras, em que a ironia e o sarcasmo são utilizados para se abordar sem complexos assuntos íntimos femininos (…) num registo de humor e vivacidade, Idiotizadas – O Fim dos Contos de Fadas aborda temas sensíveis como a anorexia, a bulimia e os maus tratos psicológicos. (…) Humor ácido e sem restrições. Ninguém nos diz o que há depois de um final feliz, desfrutares da tua independência, tornares-te mais forte, aceitares-te a ti própria tal como és, e não parares de aprender, faz parte de outros finais felizes. Mas isso não se encontra em nenhum livro… excepto neste. (…)

Deixe um comentário

Filed under bd estrangeira

Abolição do trabalho na Bedeteca

18193131_1878068352460788_8573388994519010364_o
Já chegou à Bedeteca de Lisboa a versão compilada e em português de The Abolition of Work de Bruno Borges, co-editada entre o Atelier Arara e a Turbina, como sempre com excelente produção gráfica. 

A Abolição do Trabalho, com desenhos de Borges, parte do texto original de Bob Black, e esta edição surge com quatro capas diferentes em serigrafia – cada capa diferente é um quarto da imagem acima reproduzida. Finalmente torna-se num objecto acessível para as bolsas das massas para elas pararem de trabalhar!

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd portuguesa

WORLD WIDE SAMUEL

Tommi Musturi

obey_samuel_logo

While Samuel’s third book is getting some shape, Ari and I have worked out a real oldschool WEBSITE for this silent white fellow of ours.

Please notice that there’s a LOT of new stuff in the webstore that’s basicly released at this very moment – prints, tees and more. All very limited print-runs so be fast.

Besides that the site contains some surprises that we let you find on your own. More to come at some point.

Anyway, thanks to Ari for the code, all the tuning and patience!

View original post

Deixe um comentário

Filed under bd estrangeira, e-comix

Gentripontuação

how-gentrified-is-your-neighborhood-006-03a

Fun fun fun at The Nib.

Deixe um comentário

Filed under e-comix

“Rir é o melhor remédio!” AMANHÃ

image001

Deixe um comentário

Filed under acontecimentos, cartoon, referência

Improvized Zine 1.5 (LOL)

11__L__fora_com__5a0c5739db02b

A Bedeteca de Lisboa já tem, à imenso tempo, um exemplar Lá com fora com os fofinhos de Mariana Pita, co-edição Chili Com Carne e O Panda Gordo. Trata-se de um luxuoso livro que compila de várias BDs produzidas por esta autora (que na música é conhecida por Moxila) entre 2013 e 2017, algumas publicadas em vários fanzines e na Internet, outras não… Há quem diga que o livro parece uma agenda “hipster” agrícola, o que também não é assim tão má comparação, melhor do que se refere a carta aberta da Chili Carne em relação à BD Amadora deste ano e os seus prémios eternamente “pacóvios”.

1 Comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd portuguesa, zines