Monthly Archives: Janeiro 2018

Mort Walker (1923-2018)

mort-walker

Faleceu no passado dia 27 de Janeiro Mort Walker, criador do Recruta Zero, um caso de fama e longevidade – esta série humorística foi criada em 1950.

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under obituário

Déjà-Vu

dejavu_320x390

Chegou à Bedeteca de Lisboa Déjà Vu de André Carrilho, antologia de cartoons de um dos mais prestigiados, premiados e internacionalizados autores de desenho de imprensa, que em Portugal publica, sobretudo, no Diário de Notícias. Nenhum momento importante, assunto premente ou personalidade notável dos últimos anos escapou ao seu olhar mordaz. Uma excelente edição da Abysmo / Arranha Céus.

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, cartoon

Oferta feliz

Só agora é que o zine norte-americano de bd Happiness #1 foi catalogado para a Bedeteca de Lisboa. Oferecida em 2012, este zine todo catita, impresso e capa a cores, publicou o português Rudolfo.

Só na Bedeteca para encontrar estas raridades!!!

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd portuguesa, zines

HOJE: pontapés na ILGA

26238958_10155065414481218_7674612059906810761_n

A Sapata Press vai fazer um lançamento no Centro ILGA – Lisboa, HOJE, às 19h com dois livros de artista:

Fundo do Nada apresenta a curta história de uma mulher perdida num mundo surreal. O macabro e o humor habitam nos cenários em que a sua musa actua, muitas vezes demonstrando o lado subversivo do ideal de Mulher. [A autora] Ana Caspão tem como obsessão a imagem da mulher, algo que se reflecte constantemente no seu trabalho. A autora vive, nasceu e trabalha em Portugal, um país paradoxo. O seu verdadeiro objectivo é tentar criar uma relação com leitor que permaneça no tempo, e que o seu trabalho consiga ter algum tom de honestidade e alívio emocional.

E </3 ou coração partido da autora brasileira Ellie Irineu

Deixe um comentário

Filed under acontecimentos, bd estrangeira, bd portuguesa, zines

Encontro de artes e técnicas de impressão/ reprodução em Lisboa

Associação informal

Este ano, resolvemos fazer os encontros de artes e técnicas de impressão, em Lisboa, na Disgraça. (ou no facebook) tínhamos pensado fazer a coisa só num fim de semana de 2,3 e 4 de fevereiro, mas na semana anterior, ia acontecer a abertura da Tortuga, uma livraria no espaço da disgraça, e estavam outras oficinas para acontecer, achou-se que se podia juntar tudo para este evento, ficando-se assim com “mais uma semana” em que as pessoas podem ter tempo para desenvolver conteúdos para a publicação, que este ano vai ter o “ABSURDO” como tema!

estes encontros começam no dia 26 de janeiro, e 27 de Janeiro, e continuam no fim de semana seguinte, 2,3 e 4 de Fevereiro, e vão ter uma serie de workshops/oficinas, para ja confirmadas de fotografia, cianotipia, serigrafia, gravura, encadernação, e á espera de mais confirmações ou vontades de colaborar, passando conhecimentos ou técnicas…

View original post mais 46 palavras

Deixe um comentário

Filed under formação, zines

Novo livro de Burgos… em França! Na Bedeteca!

FFFFFF-80-f-nature-0

O novo livro de BD de Pedro Burgos foi publicado em França pela 6 Pieds Sur Tierre – que no passado editou também Tu és a mulher da minha vida, ela a mulher dos meus sonhos de Pedro Brito e João Fazenda e O amor infinito que te tenho de Paulo Monteiro.

Saiu em Maio do ano passado e chegou um exemplar à Bedeteca de Lisboa!!! Vamos ler rapidamente para confirmar a veracidade da descrição no sítio oficial da editora: Poétique, tragique mais combatif

Entretanto o autor está presente no Festival de Angoulême com uma exposição de originais relativos ao livro:

26840826_1723912287671141_5917431046320979468_o

Deixe um comentário

Filed under acervo da bedeteca, bd portuguesa

45º Festival de BD de Angoulême

affiche-du-Festival-de-BD-Angouleme-2018

Começa hoje mais uma edição do Festival de BD de Angoulême, o evento europeu de BD mais importante (do mundo?), que invade (literalmente) a cidade francesa com dezenas de exposições, conferências, tendas de venda de livros e “merchandising”, concertos de música acompanhados com desenhos feitos ao vivo, e claro os prémios dos melhores livros do ano passado.

Para este ano destacamos a exposição dos japoneses Tezuka e Urosawa e dos franceses Emmanuel Guibert (várias vezes presente no Salão Lisboa) e Gilles Rochier (publicado no Mutate & Survive) porque quanto ao Cosey, ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah ! ah !

ESPEREM, há pior:

d0531ef5f1507b7b6a94786fd914e182

Mamas & pilas grandes

Entre Guibert e um Chris Ware, os anormais de Angoulême escolheram para o Grande Prémio do Festival o Sr. Richard “grandes pilas” Corben! Que triste! Nem dá vontade de rir! Dois anos depois do escândalo feminista este festival decide atribuir um prémio a uma fantasia masculina…

Deixe um comentário

Filed under acontecimentos internacionais, bd portuguesa